23.3 C
Vitória
domingo, 21 abril, 2024

Estados Unidos enviam mais soldados à fronteira com México

A intenção, de acordo com o Departamento de Defesa norte-americano, é dar mais apoio aos soldados que lá estão

O Departamento de Defesa norte-americano anunciou, nesse domingo (03), que enviará mais 3.750 soldados para a fronteira com o México. Desta forma, o local abrigará 4.350 militares.

A intenção é que os soldados permaneçam no local pelo período de três meses, no qual construirão 240 metros de cerca e darão apoio logístico aos agentes fronteiriços. Além disso, eles vão operar câmeras de vigilância nos estados de Arizona, Califórnia, Novo México e Texas até 30 de setembro.

- Continua após a publicidade -

De acordo com Departamento de Estado, a medida tem intenção de dar mais apoio aos agentes de fronteira, após decisão do secretário de Defesa interino Patrick Shanahan.

Estados Unidos enviam mais soldados à fronteira com México
O presidente Donald Trump justificou sua decisão de enviar tropas à fronteira como “invasão”. – Foto: Reprodução

Um porta-voz do Pentágono disse que, por enquanto, os soldados serão mobilizados por um prazo de três meses, mas a instituição “continuará avaliando a composição da força necessária para cumprir com a missão de proteger e garantir a segurança da fronteira sul”.

O presidente Donald Trump justificou sua decisão de enviar tropas à fronteira como “invasão”, ou seja, os grupos de migrantes procedentes da América Central formam “caravanas” para atravessar com maior segurança o México e chegar aos Estados Unidos.


Por meio do Twitter, Trump se manifestou dizendo que “caravanas estão marchando pelo México e em direção ao nosso país, os republicanos devem estar preparados para fazer o que for necessário para a FORTE segurança na fronteira. Se não houver parede, não há segurança”.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA