25.9 C
Vitória
sexta-feira, 15 outubro, 2021

Inflação pode chegar aos 2 dígitos neste ano?

Se a inflação continuar crescendo, pode chegar a 2 dígitos? Economista não descarta, mas disse que para isso acontecer depende de vários fatores

Por Samantha Dias 

Há cerca de 20 semanas, a projeção do mercado financeiro para a inflação deste ano só cresce. Semanalmente, o Banco Central atualiza a expectativa do IPCA – que é a inflação oficial do país – e as projeções preocupam economistas e, principalmente, a população. A  projeção atualizada aponta para uma inflação de 7,27%.

Se continuar nesse ritmo, podemos ter uma inflação de 2 dígitos neste ano? O economista Sebastião Demuner não descarta, mas disse que para isso acontecer depende de vários fatores.

“Vai depender do mercado internacional, se vamos ter novas ondas de covid, vai depender também do peso do petróleo no mercado internacional e, além disso, se houver estiagem grande no país corremos sim o risco da inflação chegar aos 2 dígitos”.

Sebastião Demuner, economista. Foto: Divulgação

O especialista lembrou que desde o governo de Fernando Henrique Cardoso, com o estabelecimento da meta da inflação, ela tem sido controlada e quando ultrapassa, segundo ele, ultrapassa pouco. Mas com a pandemia de covid-19 ela começou a ultrapassar.

E como essa inflação alta pode mudar a vida da população? Como vai impactar nas compras de supermercado, no transporte, por exemplo?

“A vida vai continuar, mas vai continuar de forma mais precária, porque as pessoas vão estar mais empobrecidas. Se antes o motorista abastecia e fazia 4 viagens, ele vai continuar abastecendo, mas só vai conseguir fazer 2 viagens”, exemplificou.

Outro exemplo é com as compras de supermercado, outro setor onde a inflação impacta muito. A inflação dos produtos faz com que o consumidor diminua a quantidade de determinado item ou substitua por outro.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade