28.8 C
Vitória
terça-feira, 23 abril, 2024

Grêmio: descarta reforços e admite saídas para ‘redução de gastos’

Nesta terça-feira, o vice-presidente de Futebol do Grêmio, apareceu para entrevista coletiva para desmentir que o clube esteja no mercado

Com as contusões de Villasanti (fraturas na face) e João Pedro (muscular), o Grêmio chegou a 11 desfalques por lesão. Mesmo com um time remendado, a diretoria do clube descartou contratações antes da janela internacional, no meio do ano.

Além de não ganhar peças de reposição, o técnico Renato Gaúcho ainda pode perder alguns jogadores por causa de momento financeiro complicado do clube gaúcho.

- Continua após a publicidade -

Nesta terça-feira, dia que prometia ser de calmaria em Porto Alegre, Paulo Caleffi, vice-presidente de Futebol do Grêmio, apareceu para entrevista coletiva para desmentir que o clube esteja no mercado. De quebra, o dirigente ainda saiu em defesa dos integrantes do lotado Departamento Médico, garantindo que a sequência de contusões não são culpa dos médicos e da preparação física.

“Nesse momento o Grêmio não dispõe de condições financeiras para realizar novas contratações. Qualquer movimento neste sentido vai ficar para julho”, afirmou Caleffi. “Contratações não são definidas de uma semana para outra. Temos diversas análises sendo feitas, mas é uma situação que só se realizará quando a janela internacional abrir novamente”, disse, sem querer dizer as posições estão nem análise.

Caleffi ainda revelou que o elenco será encurtado. “Não citarei nomes, pois podem haver saídas e serão comunicadas conforme hajam avanço e sejam concluídas”, falou, sem dar mais detalhes das possíveis baixas. “Estamos fazendo um trabalho de redução da folha justamente pela situação financeira do clube.”

Sobre o alto número de lesões musculares a cada disputa da equipe, o dirigente disse tratar de coincidências e não despreparo. “Nenhuma das lesões musculares aconteceu com jogadores que tiveram desgaste muscular, o Departamento Médico sempre nos avisou em caso de desgaste”, defendeu seus profissionais. “Com Cristaldo foi indicada a possibilidade de lesão e tratamos.”

Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA