27.1 C
Vitória
terça-feira, 16 agosto, 2022

Governo vai doar área em Fundão para o Incra

O projeto de doação do terreno foi enviado pelo Governo à Assembleia Legislativa. Foto: Divulgação (Governo do Estado)

O projeto que autoriza a doação foi encaminhada pelo Governo à Assembleia durante encontro com famílias que residem no local

Por Josué de Oliveira 

A Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) deve votar, nos próximos dias, um projeto do Governo do Estado que autoriza o Executivo a doar ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) uma área devoluta de 318,7561 hectares no Assentamento Fazenda Piranema, em Fundão.

A matéria foi encaminhada pelo Governo durante encontro com as famílias que residem no local. Para Casagrande, esse é o primeiro passo para regularizar as pessoas que vivem assentadas no espaço há mais de 20 anos.

“Dando mais segurança e dignidade a essas famílias que esperam há tanto tempo ter seus terrenos regularizados. Dessa forma, elas poderão fazer investimentos em suas propriedades e ainda receber projetos de melhorias”, afirmou o governador Casagrande.

A proposta autoriza o Governo do Estado a realizar a doação da área devoluta ao Incra, que terá cinco anos para implementar o projeto. Caso seja dada outra destinação ou a não implementação do projeto em cinco anos, o terreno volta ao Governo do Estado.

O processo de reforma agrária da Fazenda Piranema foi iniciado há 25 anos com a desapropriação de parte das terras que pertenciam à empresa Distribuidora Vitória Ltda. Com a aprovação do PL na Assembleia Legislativa, será possível regularizar o Assentamento Fazenda Piranema.

A secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, também participou da solenidade. “As pessoas do Assentamento Fazenda Piranema dormem e acordam com medo de reintegração de posse e a legalização da terra significa mais segurança e dignidade às famílias do assentamento”, disse

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade