18 C
Vitória
quinta-feira, 28 maio, 2020

Findes: indústria capixaba deve crescer 4,5 % em 2017

Leia Também

Mais de 11 mil casos confirmados do novo coronavírus no ES

Segundo o “Painel Covid”, administrado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), destes 6.334 já estão curados.

Golden Tulip Porto Vitória inaugura espaço exclusivo para lives

O objetivo é disponibilizar infraestrutura tecnológica de ponta para encontros virtuais, como shows e transmissões corporativas, além de ensaios de grupos musicais. 

“Blitz do Bem” entrega kits de limpeza e máscaras, na Serra

Nesta quarta-feira (27), uma equipe do Departamento de Operações de Trânsito (DOT), em parceria com a Guarda Civil Municipal e a Secretaria de Saúde do município, distribuiu kits de limpeza e máscaras de proteção.

Observatório online ajuda a fortalecer a gastronomia regional

Com coordenação e execução da instituição, o Observatório busca realizar ações de pesquisa e de documentação sobre as cadeias produtivas, os sistemas alimentares, e demais temas referentes à culinária.

No mês de agosto, a produção no Estado aumentou 7,5% em relação ao mês anterior. Acumulado no ano chega a 3,7%.

Depois de amargar uma queda de 18% em 2016, a indústria capixaba se recupera e sinaliza um crescimento positivo para este ano. Esta é a expectativa do presidente da Federação das Indústrias do Espírito Santo, Léo Castro. Ele informou nessa terça-feira (10) que a produção física da indústria no Estado deve crescer 4,5% este ano.

No mês de agosto, o incremento na produção capixaba ficou em 7,5% em relação ao mês anterior. “O acumulado da indústria em 2017, até agora, é de crescimento de 3,7%. O número é representativo e esperamos chegar, dando um chute calibrado, ao total de 4,5% até o fim do ano”, afirmou Castro.

As informações são uma injeção de ânimo para a economia local. O Estado sofreu grande impacto com a crise econômica e com a paralização das atividades da Samarco.

Segundo o presidente da Findes, o crescimento registrado em agosto foi puxado pela indústria de alimentos. No Espírito Santo, o setor é ligado principalmente à produção de chocolate.

Para Castro, os investimentos importantes para dinamizar a economia capixaba no futuro terão como foco a inovação. “Os setores futuros que vão desenvolver um novo ciclo econômico devem estar voltados para a inovação e para empresas de base tecnológica”, avalia o presidente da Findes. Ele citou diversas iniciativas voltadas à pesquisa e inovação desenvolvidas pelas universidades locais e por governos municipais e o estadual.

Dados da indústria

A Findes anunciou também que o Instituto de Desenvolvimento Industrial do Espírito Santo (Ideies) apresentará três novos relatórios periódicos. “Indústria em Números” é um resumo mensal dos principais índices do setor e o primeiro volume foi divulgado nessa terça-feira (10).

Todo mês também será lançado o “Fato Econômico Capixaba”, com temas importantes para a indústria. As análises mais profundas da conjuntura econômica fica a cargo do “Boletim Econômico Capixaba”, com dados mais abrangentes.

Dos cinco setores pesquisados, quatro tiveram resultados positivos, exceto o segmento de minerais não-metálicos (-1,6%). O mês teve destaque para a produção de minério de ferro, açúcar, carne bovina, e bobina a quente de aço, com acréscimo das indústrias de produtos alimentícios (25,1%), metalurgia (12,1%, extrativa (6,8%) e celulose (0,4%).

 

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

esbrasil_176
Continua após publicidade

Fique por dentro

Pesquisa revela que o empresas capixabas de TI apostam na superação da crise causada pela pandemia

O foco foi identificar as principais dificuldades, sugestões e expectativas diante os desafios que a pandemia, provocada pela Covid-19, impôs ao mercado de tecnologia do Espírito Santo.

Marcos Troyjo é eleito presidente do Banco do Brics

Troyjo sucederá o indiano Kundapur Vaman Kamath, primeiro a comandar o NDB, criado na reunião de cúpula do Brics de Fortaleza, em 2014

Aneel tenta reduzir reajustes tarifários para ex-distribuidoras da Eletrobras

Os contratos de concessão dessas distribuidoras, que foram vendidas em leilões realizados há dois anos, previa a possibilidade de que os novos operadores pedissem Revisão Tarifária Extraordinária (RTE) para reconhecer os investimentos realizados na área de atuação das empresas

Com crise, mercado financeiro projeta rombo fiscal recorde este ano

Dados divulgados nesta segunda-feira, 25, pelo Banco Central mostram que a expectativa de déficit primário do setor público para o ano subiu de 7,80% para 8,00% do Produto Interno Bruto (PIB).

Vida Capixaba

Golden Tulip Porto Vitória inaugura espaço exclusivo para lives

O objetivo é disponibilizar infraestrutura tecnológica de ponta para encontros virtuais, como shows e transmissões corporativas, além de ensaios de grupos musicais. 

“Blitz do Bem” entrega kits de limpeza e máscaras, na Serra

Nesta quarta-feira (27), uma equipe do Departamento de Operações de Trânsito (DOT), em parceria com a Guarda Civil Municipal e a Secretaria de Saúde do município, distribuiu kits de limpeza e máscaras de proteção.

Observatório online ajuda a fortalecer a gastronomia regional

Com coordenação e execução da instituição, o Observatório busca realizar ações de pesquisa e de documentação sobre as cadeias produtivas, os sistemas alimentares, e demais temas referentes à culinária.

“Chapeuzinho Vermelho” é a próxima atração do Diversão em Cena ArcelorMittal

Produzido pela Companhia O Trem, o espetáculo terá música ao vivo, brincadeiras e muita interação: o elenco precisará da ajuda do público para contar a história.
Continua após publicidade