23.3 C
Vitória
quarta-feira, 24 abril, 2024

CR7 celebra recorde de jogador com mais partidas por seleção

Ronaldo já era o atleta com mais partidas por seleções, mas estava empatado com o atacante Bader Al-Mutawa, do Kuwait

Mesmo atuando no pouco prestigiado futebol árabe e longe de exibir os desempenhos incontestáveis que já teve um dia, Cristiano Ronaldo continua batendo recordes. O mais recente foi alcançado na quinta-feira, durante a vitória por 4 a 0 de Portugal sobre Lichtenstein, pela primeira rodada das eliminatórias da Eurocopa, em partida que fez o craque português se isolar como o jogador de futebol com mais jogos por uma seleção, marca bastante celebrada por ele.

“Sensações tão boas por voltar a jogar e marcar pela nossa seleção, e num estádio tão especial para mim”, afirmou em publicação nas redes sociais, referindo-se ao Estádio de Alvalade, pertencente ao Sporting, time no qual começou a carreira. “Orgulhoso por ser o jogador mais internacional de todos os tempos”, completou.

- Continua após a publicidade -

Ronaldo já era o atleta com mais partidas por seleções, mas estava empatado com o atacante Bader Al-Mutawa, do Kuwait. Ao entrar em campo em Alvalade, na quinta-feira, completou o 197º jogo por Portugal e colocou-se como único dono do recorde. Além disso, com os dois gols que marcou contra Liechtenstein, tornou-se o primeiro jogador a alcançar 100 gols em partidas oficiais por uma seleção.

O atacante ainda é uma das marcas mais poderosas do futebol, mas sua continuidade na seleção era incerta por sua idade e pelo fato de estar longe dos holofotes das principais ligas europeias De qualquer forma, vem mantendo os bons números de sempre em sua experiência na Arábia Saudita, onde defende o Al-Nassr. Em dez jogos, marcou nove gols e deu duas assistências. Por isso, e também por sua experiência, foi convocado por Roberto Martínez, que assumiu o comando de Portugal após a saída de Fernando Santos.

Cristiano Ronaldo viveu um final de 2022 com doses de polêmica e frustração. Quando já havia se juntado à seleção portuguesa para se preparar para a Copa do Mundo, em novembro, rescindiu o contrato que tinha com o Manchester United, clube no qual teve desentendimentos com o técnico Erik Ten Hag por não ser tão utilizado quanto gostaria.

Durante a disputa do Mundial, foi titular ao longo de toda a fase de grupos e provocou uma situação desconfortável ao reclamar de ser substituído no jogo contra a Coreia do Sul, pela terceira rodada. Então, perdeu a posição para o jovem Gonçalo Ramos a partir do início do mata-mata.

Logo nas oitavas, viu Gonçalo marcar três gols na goleada por 6 a 1 sobre a Suíça e só entrou na segunda metade da etapa final. Nas semifinais, contra o Marrocos, começou no banco novamente, entrou no início do segundo tempo e não conseguiu evitar a eliminação com derrota por 1 a 0.

Ronaldo despediu-se da Copa com apenas um gol marcado, de pênalti, contra Gana, no primeiro jogo da fase de grupos. Depois da eliminação, publicou no Instagram um texto no qual mostrava não acreditar que teria condições de disputar outro mundial. “Colocar o nome do nosso país no patamar mais alto do Mundo era o meu maior sonho”, disse em um trecho. “Infelizmente, o sonho acabou”, completou em outro.

Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA