21.9 C
Vitória
terça-feira, 19 outubro, 2021

Conheça a história do empresário que sobreviveu a 4 tiros na cabeça

Eduardo Anton superou sequelas permanentes, depressão e pânico deixados por um atentado repentino contra a sua vida, ressignificou a carreira e hoje se dedica a ajudar pessoas.

Por Munik Vieira

Ele sofreu um atentado com 3 tiros na cabeça e um no abdômen. Contrariando todas as perspectivas médicas, não só sobreviveu como ressignificou sua vida e carreira. Eduardo Anton, de 40 anos, ex-empresário de logística, tornou-se palestrante, coach de carreira, autor e, hoje, ajuda pessoas e famílias que também passaram por eventos inesperados, como a perda de alguém muito próximo ou que ficaram com sequelas de doenças ou acidentes, portadores de deficiência e até quem apenas busca encontrar seu propósito de vida.

”Por milagre, a morte não me levou, mas o atentado mudou a minha vida e visão de mundo para sempre. Venho me realizando pessoal e profissionalmente ajudando àqueles que precisam superar seus desafios a se adaptar às novas realidades e encontrar seu caminho rumo à realização em seu sentido mais amplo”, declara Anton.

Depois de muita luta pessoal para superar a não aceitação das sequelas neurológicas permanentes deixadas pelo atentado, a depressão e a síndrome do pânico, Eduardo Anton, que já era formado em Administração de Empresas e dirigia a empresa de transporte de cargas da família, formou-se em Coach profissional e Master Coach de Carreira e decidiu dedicar a vida para ajudar pessoas que passam por situações inesperadas. Ele inspira outros profissionais e famílias que sofrem pelo luto ou que foram vítimas de doenças ou acidentes que os impedem de voltar a exercer seus cargos ou profissões com a competência e eficiência anteriores.

“Eu passei por tudo isso, sei como é terrível e desesperador se sentir inválido e inútil ao perder a capacidade de executar as coisas que antes eram tão simples. Hoje, gosto de ensinar como é possível superar dificuldades, problemas e tragédias, aprendendo lições e desenvolvendo uma nova consciência que transforma a vida para melhor”, afirma.

A experiência de Eduardo Anton também contribui com pessoas que buscam encontrar seus potenciais e propósito de vida. Para empresas, tem sido ainda convidado a abordar ainda assuntos como motivação, empatia, autoconhecimento, competência, recomeço, família e superação.

“Superar as adversidades é um dos maiores obstáculos que enfrentamos ao longo da vida. Passar por problemas é um desafio que precisamos enfrentar com sabedoria e apoio. Meu propósito se tornou incentivar pessoas a usarem as pedras do caminho para construírem os degraus da escada que as conduzirá a uma vida mais feliz
e realizada”, enfatiza Anton.

Inesperado – o livro

Foto: Divulgação

A história intrigante de Eduardo Anton está descrita em seu livro Inesperado – Uma história real de sobrevivência contra todas as probabilidades, inicialmente publicado pela Editora Movimento sob o título Inesperado – Uma oportunidade de superação e aprendizado, acaba de ganhar nova edição digital em português, pela Amazon, e uma edição em inglês para Kindle, sob o título Play Dead (Fingindo de Morto).

A obra, produzida em parceria com o jornalista Cadu Bortolot, narra o drama pessoal vivido por Eduardo Anton, seus amigos e familiares, há oito anos, em São Francisco do Sul, no litoral de Santa Catarina. Na época, o então empresário sofreu uma tentativa de assassinato, com três tiros na cabeça e um no abdômen.

Os detalhes do atentado, a chegada consciente ao hospital, os relatos dos médicos, o coma, o impacto físico e psicológico e a jornada que trouxe o reequilíbrio e a paz de espírito a Eduardo Anton estão descritos em Inesperado, como um alento a todos os leitores que sofrem com fatos dolorosos que lhes surpreenderam.

Além de beneficiar os leitores, o livro, vendido a R$ 50,76 (capa comum) pela Amazon ou por R$ 49 pelo site do autor, já beneficiou diversas entidades, entre elas a Associação Joinvilense para integração dos deficientes visuais – AJIDEVI e ao Lar de idosos Betânia, entidades filantrópicas de Joinville (SC), onde Anton reside.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade