23.3 C
Vitória
domingo, 14 DE julho DE 2024

Câmeras tagarelas mostram eficiência na segurança pública na Serra

Confira como funciona esse tipo de fiscalização, que visa inibir infratores de cometer crimes em transportes públicos e vias municipais

Por Kebim Tamanini

Imagine estar em um ponto de ônibus, próximo a pessoas mal-intencionadas que pretendem pular a roleta do ônibus ou até mesmo roubar os passageiros que aguardam o transporte público. E se uma câmera de videomonitoramento pudesse inibir esses suspeitos com um som direto do equipamento? Pois bem, esse tipo de tecnologia é encontrado na Serra e é chamado de “câmera tagarela”, capaz de alertar infratores de que a área está sob fiscalização.

- Continua após a publicidade -

Na semana passada, um exemplo concreto ocorreu na Serra, quando as câmeras de videomonitoramento da Guarda Civil Municipal (GCM) flagraram quatro indivíduos tentando utilizar o transporte público de forma ilegal, pulando a roleta. A agente Lima identificou a ação por meio das câmeras e inibiu os suspeitos usando a câmera tagarela. Com o alerta, os suspeitos desceram do ônibus e foram embora, enquanto a agente informava sobre a prática ilegal dos indivíduos.

Confira como funciona esse tipo de fiscalização, que visa inibir infratores de cometer crimes em transportes públicos e vias municipais
A agente Lima identificou a ação por meio das câmeras e inibiu os suspeitos por meio da câmera tagarela. Foto: PMS

“Boa noite! Para sua segurança, este local é monitorado em tempo real pela Guarda Civil Municipal da Serra e, caso seja necessário, enviaremos uma viatura até o local”, comunicou a agente Lima através da câmera tagarela.

Além disso, o sistema também permite a interação do agente com o motorista. Mensagens são emitidas por um alto-falante posicionado ao lado das câmeras, oferecendo orientações e alertas. Desde outubro de 2023, as abordagens aos cidadãos via câmera tagarela são realizadas principalmente nos horários com maior número de registros de furtos e roubos, conforme dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social.

Essa interação visa proporcionar aos cidadãos uma maior sensação de segurança durante os momentos de grande movimentação na cidade. Entre outubro de 2023 e abril de 2024, foram realizadas 3.224 interações, demonstrando o impacto positivo dessa iniciativa na prevenção de crimes.

Confira abaixo uma das abordagens realizadas por meio das câmeras tagarelas na Serra.

Grande Vitória

Atualmente, embora não tenham adotado as câmeras tagarelas como a Serra, outros municípios da Grande Vitória já utilizaram esse tipo de tecnologia, mas não a utilizam mais. A seguir, confira as iniciativas que Vitória, Cariacica e Vila Velha executam para aprimorar a segurança dos cidadãos.

A Prefeitura de Vitória afirma realizar um patrulhamento intenso e bem planejado pela Guarda Municipal, que atua 24 horas em todas as regiões. Além disso, a cidade dispõe de 904 câmeras de monitoramento, operadas por guardas durante todo o dia, contribuindo para ações eficazes nas ruas e para a segurança viária. A população pode acionar a Guarda Municipal pelo telefone 190 em situações de flagrante delito ou insegurança.

Em Vila Velha, a Guarda Municipal esclarece que faz patrulhamento constante em todas as áreas, garantindo a presença de agentes tanto durante o dia quanto à noite. Rondas são realizadas por diversos meios, incluindo bike patrulha, motopatrulha, viatura e quadriciclo, proporcionando uma abordagem versátil, mesmo em áreas de difícil acesso. Além do patrulhamento presencial, a cidade se beneficia do uso de câmeras de videomonitoramento estrategicamente posicionadas para detecção e prevenção de atividades criminosas.

Cariacica também investe na segurança pública, com a Central de Videomonitoramento reforçada e integrada pela Guarda Municipal. A cidade possui diversas câmeras de videomonitoramento espalhadas em locais estratégicos e conta com o apoio das demais forças de segurança. Além disso, dispõe de 40 barreiras do Cerco Eletrônico, contribuindo para a prevenção e combate à criminalidade em toda a região.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA