21.9 C
Vitória
segunda-feira, 21 junho, 2021

Arnaldinho Borgo critica politicagem durante discurso de posse

O prefeito eleito de Vila Velha diz que não se faz política apenas em época de eleição e convidou os vereadores para abrir a prefeitura

Eleito prefeito de Vila Velha com 69,03% dos votos válidos, Arnaldinho Borgo (Podemos)  foi empossado na tarde desta sexta-feira (1º), durante cerimônia realizada no Centro de Convenções, ao lado da prefeitura.

Em seu discurso de posse afirmou ter pressa para “que as coisas realmente aconteçam na cidade e que outras sejam solucionados”, porque o elleitor mostrou nas urnas o que deseja pra cidade. “Quer político com compromisso social, que trabalhe pela cidade, pelo seu povo”. O prefeito completou afirmando que “política não é para politicagem, para atos antiéticos e criminosos”.

Mas destacou que maior problema no início da gestão será o combate à pandemia. “O principal desfaio é salvar vidas na cidade de Vila Velha, que tem o maior número de mortes e infectados pelo coronavírus. Vamos investir na saúde, em protocolos bem definidos para que a gente possa salvar vidas”, disse.

Criticou a gestão anterior de Max Filho, mas em um tom bem menos agressivo que o apresentado durante a campanha. E encerrou o discurso mostrando bastante cordialidade. “Gostaria de convidar a todos os vereadores a me acompanhar na abertura da prefeitura de Vila Velha, coisa que nunca aconteceu na cidade. Quero convidar vocês, junto com a população, para abrir a prefeitura, porque essa prefeitura é do povo”. encerrou o prefeito.

Mesa Diretora

Além de Arnaldinho e do vice, Dr Victor Linhalis (Solidariedade), tomaram posse 17 vereadores que irão representar 501.325 habitantes, da cidade com PIB de R$ 1.099.489.376,00. Bruno Lorenzuti, que preside o diretório municipal do Podemos, foi eleito presidente da Câmara. E, apesar de a principal função do legislativo ser fiscalizar o executivo, o parlamentar declarou que “a câmera será uma parceira incansável da atual gestão”.

A vice-presidência da mesa ficará por conta de Patrícia Crizanto (PSB). Para 1º e 2º vice-presidente foram nomeados os novatos Léo Pindoba e Flávio Pires, ambos do PTC. E Devanir Ferreira (Republicanos) e Tita (PSD) assumem como 2º e 3º secertários, respectivamente.

Tomaram posse os vereadores:

Rogério Cardoso (DEM) – 3.763 votos
Bruno Lorenzutti (Podemos) – 3.529
Anadelso Pereira (Podemos) – 3.255
Patrícia Crizanto (PSB) – 2.935
Joel Rangel (PTB) – 2.618
Leo Pindoba (PTC) – 2.160
Osvaldo Maturano (PSDB) – 2.148
Jonimar (PSC) – 2.096
Welber da Segurança (PSDB) – 2.057
Renzo Mendes (PP) – 1.973
Flavio Pires (PTC) – 1.830
Fabio do Vale (Patriota) – 1.810
Devacir Rabello (DC) – 1.633
Romulo Lacerda (PSL) – 1.602
Devanir Ferreira (Republicanos) – 1.507
Tita (PSD) – 1.354
D’Orleans Sagais (PV) – 1.282

- Publicidade -

Matérias relacionadas

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade