Campanha para doação de leite materno a bebês prematuros

Campanha de doação de leite materno
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

A intenção é sensibilizar as mães que amamentam a disponibilizarem leite para recém-nascidos com baixo peso e outros problemas

O Ministério da Saúde lançou a campanha nacional Doe Leite Materno, Ajude quem Espera por Você. A ação será realizada em parceria com a Rede Global de Bancos de Leite Humano e o Programa Iberoamericano de Bancos de Leite Humano. A divulgação aconteceu nesta sexta-feira (18) em São Paulo.

O objetivo é incentivar mães que amamentam a serem doadoras. Esta é uma forma de ajudar a ampliar o volume de leite humano coletado e distribuído. Os principais beneficiados são recém-nascidos prematuros e de baixo peso. Com o leite materno, o bebê fica protegido de infecções e diarreias, além de se desenvolver melhor, diminuindo o tempo de internação.

A iniciativa celebra o Dia Mundial de Doação de Leite Humano, a ser comemorado neste sábado (19). A madrinha da campanha é a atriz Sheron Menezes. O leite materno coletado nos bancos passa por controle de qualidade antes de ser distribuído, de acordo com o Ministério da Saúde.

Entre os anos de 2009 e 2017, o Banco de Leite Humano do Brasil já beneficiou dois milhões de recém-nascidos. No ano passado, o volume coletado em todo o país atingiu 212 mil litros, beneficiando 198 mil bebês prematuros. Apesar disso, o número de doações no país ainda é baixo em relação à demanda.

Conteúdo Publicitário