Banco Central: um em cada cinco brasileiros guarda moedas em casa

Moedas
Foto: Shutterstock

A pesquisa divulgada pelo BC revela que 96% da população ainda usa dinheiro em espécie como meio de pagamento

Parte da população brasileira ainda tem o hábito de guardar moedas em casa. É o que mostra o estudo divulgado nesta quinta-feira (19) pelo Banco Central (BC). Pelos dados, 19,3% da população guarda moedas por mais de seis meses. Além disso, 56,2% usam o dinheiro guardado no cofrinho para compras e pagamentos.

O estudo do Banco Central se chama “O brasileiro e sua relação com o dinheiro”. De acordo com o chefe do Departamento do Meio Circulante do BC, Felipe Frenkel, 8 bilhões de moedas estão guardadas “em algum lugar”. Ele destacou que quanto mais moedas ficarem em circulação, menor será o gasto com a produção do dinheiro.

O BC considera positivo que a população faça poupança com as moedas. Entretanto, a instituição orienta a trocar as moedas por cédulas sempre que atingir um valor maior para ajudar na circulação de dinheiro.

Segundo o BC, o dinheiro vivo ainda é o meio de pagamento mais utilizado pela população. O estudo mostra que 96,1% responderam realizar pagamentos em espécie, além de outros meios. Na questão, os entrevistados podiam marcar mais de uma opção – 51,5% mencionaram cartão de débito e 45,5%, cartão de crédito.

*Com informações da Agência Brasil

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!