ArcelorMittal Tubarão deve fechar 2017 produzindo 7,2 mi toneladas

ArcelorMittal Tubarão
Foto: Jackson Gonçalves

A empresa também anunciou que até janeiro vai instalar um novo filtro para reduzir emissões de poluentes do processo de sinterização.

A produção de aço na ArcelorMittal Tubarão deve fechar 2017 com o total de 7,2 milhões de toneladas. Esse total é superior ao que a empresa produziu em 2016, que somou cerca de 7 milhões de toneladas. Mas a intenção é ainda aumentar esse valor em 500 mil toneladas em até quatro anos.

Essas informações foram divulgadas pelo presidente da ArcelorMittal Tubarão, Benjamin Baptista Filho, nessa terça-feira (5). Em entrevista coletiva à imprensa, ele também garantiu que novos filtros já estão em fase de teste e começam a operar em janeiro para reduzir a emissão de poluentes.

O ano de 2017 não foi um desastre para a empresa e para o setor, como era previsto. Segundo Benjamin, o setor progrediu um pouco e as vendas cresceram cerca de 1%. “Certas atividades consumidoras de aço ainda sentem a crise, como a construção civil, que representa mais de 40% do consumo”, pontuou.

Alguns setores reagiram, como a indústria automotiva que deve crescer 23%. Esse aumento se deve basicamente às exportações de veículos, que devem crescer mais de 40%. Outro setor que apresentou demanda por aço foi o de máquinas e equipamentos para a agricultura.

Controle de emissões

A ArcelorMittal vai inaugurar em janeiro possibilidade de redução de emissão de poluentes. Segundo a empresa, é uma das mais avançadas tecnologias existentes na área de controle ambiental. O equipamento, denominado Gas Cleaning Bag Filter, será implantado no processo de sinterização da empresa.

O novo equipamento é um sistema de filtros de mangas, que promovem a limpeza do gás por meio da retenção física das partículas. A empresa assumiu o compromisso de instalar os filtros até 18 de janeiro e os equipamentos já estão em fase de testes. A intenção é reduzir em até 18% as emissões do processo de sinterização da siderúrgica.

Aumento da produção

Benjamin Baptista informou que a ArcelorMittal está realizando uma série de investimento para ampliar a quantidade de aço produzida. A empresa está operando com 100% da capacidade desde 2014, quando o terceiro alto-forno foi ativado.

Agora, o objetivo é melhorar processos internos para aumentar a capacidade de produção. A ideia é passar dos atuais 7,2 milhões para 7,7 milhões de toneladas em até quatro anos. Uma das iniciativas já para o próximo ano é a instalação de um forno-panela na produção de aço.