25.8 C
Vitória
quinta-feira, 29 outubro, 2020

Waldery: déficit primário do setor público estimado é de R$ 895,8 bi (12,5%/PIB)

Leia Também

Sebrae trabalha para ampliar a participação dos pequenos negócios nas exportações brasileiras

O presidente do Sebrae, Carlos Melles, participou de um painel do Nordeste Export – Fórum Regional de Logística e Infraestrutura Portuária

Emprego na construção é o maior para setembro nos últimos oito anos

A indústria da construção civil segue em ritmo acelerado, com avanço na atividade e na utilização da capacidade operacional. Com informações da Agência Brasil  A pesquisa...

Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo é prorrogada até final de novembro

As Campanhas de Vacinação contra a Poliomielite, e sarampo foram prorrogadas em todo o país até o dia 27 de novembro

O secretário disse nesta segunda-feira que uma nova proposta para o programa está sendo discutida no governo

Por Lorenna Rodrigues (AE)

A equipe econômica revisou projeções e espera um rombo ainda maior nas contas públicas em 2020. A estimativa para o déficit primário do setor público passou para R$ 895,8 bilhões (12,5% do PIB), ante previsão anterior de R$ 891,1 bilhões (12,4% do PIB), feita no início do mês.

Os dados foram apresentados pelo secretário de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, na Comissão Mista do Congresso Nacional que acompanha as medidas para fazer frente à covid-19. Para o governo central, o déficit estimado agora é de R$ 871 bilhões (12% do PIB), ante projeção anterior de R$ 866,4 bilhões (12,1%).

Também foram apresentadas novas estimativas para o endividamento público. A expectativa é que a Dívida Bruta do Governo Geral fique em 93,9% no cenário base (PIB em -4,7%), chegando a 96,2% no pior cenário (PIB em -6,7%). Já a dívida líquida do setor público pode variar de 67,8% a 69,5% do PIB.

Renda mínima

Depois de levar um “puxão de orelha” do presidente Jair Bolsonaro por defender mudanças nos reajustes de aposentadorias para financiar a criação de um programa de renda mínima, o secretário Waldery Rodrigues disse nesta segunda-feira que uma nova proposta para o programa está sendo discutida no governo e será anunciada “no tempo devido”.

Questionado sobre o assunto durante audiência virtual da Comissão Mista do Congresso, Waldery evitou se alongar no assunto e afirmou que ele está sendo tratado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

Waldery Rodrigues também disse Paulo Guedes está tratando de forma “serena e transparente” a questão da redução de despesas que poderá ser feita para bancar um novo programa de renda mínima.

“O líder (do governo na Câmara) Ricardo Barros e o ministro Guedes comunicarão as soluções, e eles falaram de forma muito precisa que as discussões estão se dando de forma muito serena e direta para não haver divergências”, afirmou, na audiência.

Reforma tributária

O secretário disse ainda que a segunda etapa da reforma tributária do governo será encaminhada “brevemente” ao Congresso Nacional. “O plano do governo para sair da crise está sendo detalhado pelo ministro Paulo Guedes”, completou.

Para o secretário, a maioria dos setores da economia brasileira apresentam uma “recuperação em V”, com exceção do setor de serviços, que tem recuperação mais lenta. Ele ressaltou que o aumento de investimentos deve vir pelo setor privado, já que há pouco espaço no Orçamento público para isso. “Não existe política de investimento sustentável sem fiscal robusto”, afirmou.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Sebrae trabalha para ampliar a participação dos pequenos negócios nas exportações brasileiras

O presidente do Sebrae, Carlos Melles, participou de um painel do Nordeste Export – Fórum Regional de Logística e Infraestrutura Portuária

Emprego na construção é o maior para setembro nos últimos oito anos

A indústria da construção civil segue em ritmo acelerado, com avanço na atividade e na utilização da capacidade operacional. Com informações da Agência Brasil  A pesquisa...

Governo não planeja prorrogar GLO na Amazônia até 2022, diz Mourão

Vice-presidete apresentou nesta quarta-feira, 28, ao presidente Jair Bolsonaro o planejamento de estratégias do Conselho da Amazônia

Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo é prorrogada até final de novembro

As Campanhas de Vacinação contra a Poliomielite, e sarampo foram prorrogadas em todo o país até o dia 27 de novembro

ES terá contrato de descomissionamento de plataforma com a Petrobrás

O Estado será o primeiro no país a ter esse tipo de contrato com a Petrobrás

Confiança da indústria sobe a 111,2 pontos em outubro, revela FGV

O nível de estoques subiu de 108,1 pontos para 114,2, e o indicador de demanda cresceu de 106,2 para 110,3 pontos

ES Brasil Digital

Capa ES Brasil 181
Continua após publicidade

Fique por dentro

Ajuste fiscal passa por reformas que aumentam produtividade, diz Bruno Funchal

Funchal disse que o teto dos gastos já endereçou o primeiro problema estrutural da questão fiscal brasileira

Pet – Um mercado sem crise

Segmento cresce na mesma proporção que o amor dos tutores por seus "filhos" A gente ama, cuida e não vive sem. Sendo eles pequenos, peludinhos...

Governo revisará projeção de queda do PIB para 2020 em novembro, diz secretário

"Todos os indicadores de atividade mostram um forte recuperação em V da economia", afirmou Waldery

Boletim aponta queda no turismo do Espirito Santo

O secretário de Estado de Turismo, Dorval Uliana, destacou a importância deste acompanhamento sistematizado, que permite o planejamento de ações cada vez mais eficientes

Vida Capixaba

Recept: Turismo receptivo ganha representação

Com o objetivo de ajudar a fortalecer o setor de turismo receptivo brasileiro, que conta com mais de 3 mil agências, foi lançada, nesta terça feira (27) a Recept (Associação Brasileira de Turismo Receptivo).

Qualificar ES abre 26 mil vagas em cursos on-line

O programa Qualificar ES abriu 26 mil vagas em cursos on-line gratuitos. Aqueles que possuem mais de 16 anos e acesso à internet já podem se inscrever.

Visitas ao Parque da Pedra Azul agendadas por e-mail

O parque da Pedra Azul funciona em dois turnos, de 8h às 11h e de 13h às 16h, com limite de 50 visitantes por turno

Espírito Santo ganha novo espaço cultural

Os capixabas vão poder contar com mais um espaço para o crescimento e fomento da cultura no Estado
Continua após publicidade