23.1 C
Vitória
quinta-feira, 24 setembro, 2020

Virou lei: Síndicos terão que enviar denúncias de agressões às autoridades

Leia Também

Justiça suspende retorno de médicos peritos a atendimento presencial no INSS

A entidade resiste a retomar os trabalhos presenciais sob a alegação de falta de condições sanitárias contra a covid-19, o que o governo nega

Idaf alerta sobre pacotes de sementes enviados sem solicitação

Caso algum envelope ou pacote contendo sementes ou material vegetal chegue a sua casa, a orientação é que você não abra. 

Agentes de Trânsito de Cariacica começam a utilizar talonário eletrônico

Novidade no sistema de fiscalização de trânsito em Cariacica. O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) realizou, nesta terça-feira (22), o treinamento dos agentes municipais de trânsito do município para utilização do aplicativo de talonário eletrônico nas fiscalizações de trânsito.

Mais um passo importante no enfrentamento à violência contra os mais vulneráveis na Capital.

A lei nº 9.653/2020, de autoria do vereador Wanderson Marinho (PSC),  que propõe que síndicos e administradores de condomínios enviem denúncias de violência contra a criança, adolescente, mulher, idoso e pessoas com deficiência (PCD) às autoridades competentes, foi promulgada pelo presidente da Câmara Municipal de Vitória (CMV), nesta quarta-feira (12/8). A denúncia precisa ser relatada no livro de ocorrências.

Para o vereador, a aprovação da Lei é mais um instrumento para auxiliar as vítimas de violência em condomínios. “Estamos vivendo um cenário de tristeza e revolta na sociedade, principalmente, neste momento de pandemia e isolamento social, onde houve aumento no número de ocorrências de agressões e mortes contra os mais vulneráveis, chamando a atenção agressões contra as mulheres. Nós, como poder público, não podemos assistir a tudo isso, sem reagir. Fico feliz por ter dado a minha parcela de contribuição no enfrentamento à violência na Capital, mas sei que ainda há muito a ser feito. A começar pela educação, trabalhando valores, formação do caráter, respeito ao próximo e outros temas, atuando com ações preventivas”, diz.

Ele ressalta ainda que a Lei não foi feita para o síndico e, sim, para os mais vulneráveis, que têm sofrido agressões de todos os tipos e, muitas vezes, não têm como se defender e pedir ajuda devido às limitações. “Um idoso com Alzheimer, por exemplo, que não consegue se comunicar dentro do seu lar, também é vitima de vários tipos de abusos. O síndico é o nosso grande aliado no enfrentamento à violência no ambiente condominial. Vale frisar que todos nós, vizinhos, devemos atuar como “vigilantes solidários” ao observar qualquer atitude suspeita, acionado o síndico e a polícia imediatamente”, enfatiza.

O diretor, assessor contábil e jurídico da CECAD Administração Condominial, Claudionor Brandão, ressalta a importância da Lei. “É uma iniciativa louvável e ficamos felizes, pois nos sentimos parte desse processo de construção dessa pauta, com o intuito de trabalhar na prevenção, orientação e contribuir para uma sociedade melhor. É mais um amparo legal para as devidas providências no combate à violência dentro do ambiente condominial”, afirma.

Já para o advogado e presidente da Comissão do Idoso da OAB/ES, Ademir Cardoso, é essencial pensar em políticas públicas voltadas também ao idoso, população cada vez mais crescente no Brasil. “Quero parabenizar o vereador pela aprovação da lei, pois toda e qualquer iniciativa que vem para amparar e proteger o idoso é importante, pois eles também são frágeis e alvos de violência na sociedade”, comenta.

A coordenadora de Políticas de Promoção e Defesa da Mulher de Vitória, Mariana Bernardes, reforça a necessidade de campanhas educativas contínuas sobre o tema em condomínios. “Vale lembrar que cada condomínio tem a sua realidade. Por isso, o processo pedagógico, orientador e de caráter informativo, é fundamental. Esse trabalho pode ser desenvolvido, por meio de informativos, boletins e e-mails“, diz.

Antes da aprovação da Lei, a pauta passou por uma longa discussão nos últimos meses, envolvendo parlamentares, representantes do setor de condomínios, síndicos e autoridades. Um debate virtual também foi realizado, em junho, para discutir o tema, com o intuito de ampliar a discussão com os representantes do setor e autoridades que trabalham na linha de frente dos condomínios e dos órgãos especializados de segurança. O debate teve ainda a finalidade de reunir informações e sugestões de melhorias para o projeto de lei, antes de sua aprovação.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Tóquio-2020 quer limitar deslocamento de atletas para evitar infecção de covid-19

"Os atletas têm de ser protegidos e se entrarem em contato com o público podem se infectar", disse Toshiro Muto

Uma em cada cinco pessoas ficou rigorosamente isolada em casa em agosto, diz IBGE

Em comparação a julho, aumentou o número de pessoas que reduziram o contato, mas continuaram saindo de casa

Estudo com 50 mil pessoas aponta eficácia de vacina chinesa, diz Doria

Os estudos ainda não foram apresentados pelo governo. A previsão é de que sejam necessárias duas doses do produto para garantir a proteção

Polícia e MP-MG ampliam investigações sobre fraudes na Cidade Administrativa

Os promotores apontaram ainda que as ordens cumpridas nesta manhã foram expedidas com fundamento em fatos criminosos 

Justiça suspende retorno de médicos peritos a atendimento presencial no INSS

A entidade resiste a retomar os trabalhos presenciais sob a alegação de falta de condições sanitárias contra a covid-19, o que o governo nega

Idaf alerta sobre pacotes de sementes enviados sem solicitação

Caso algum envelope ou pacote contendo sementes ou material vegetal chegue a sua casa, a orientação é que você não abra. 

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

‘Vamos fazer programa de substituição tributária’, diz Guedes

Ricardo Barros (PP-PR), afirmou ainda que não haverá aumento de carga tributária na proposta de reforma que o governo construirá

Conab avalia que Brasil terá segunda maior safra de café em 2020

O 3º Levantamento da Safra 2020 de Café, divulgado hoje (22), em Brasília, pela Companhia Nacional do Abastecimento (Conab), foi estimado em 61,6 milhões...

Valor Bruto da Produção Agropecuária deve ser recorde de R$ 823 bi, diz CNA

Outros fatores que podem influenciar o indicador do setor são o aumento de 4,3% na produção, a alta de 18,7% nos preços

OCDE melhora perspectiva para economia mundial e para o Brasil em 2020

A economia global parece estar se recuperando do baque provocado pelo novo coronavírus mais rápido do que se imaginava há apenas alguns meses graças...

Vida Capixaba

Terminam hoje inscrições para II Encontro Capixaba de Pesquisa em Educação Ambiental

Voltado para estudantes, pesquisadores, professores e demais educadores ambientais, o encontro será realizado de quarta-feira (23) a sexta-feira (25) de forma virtual devido às medidas de prevenção ao novo Coronavírus (Covid-19).

Conselho Tutelar: Vereador apresenta denúncia ao ministério público

A capital do Espírito Santo registrou em 2019 nada menos que 244 casos de abuso sexual infantil cometidos contra crianças e adolescentes de até 19 anos de idade. Um aumento de 32% em relação ao registrado no ano anterior pela Secretaria Municipal de Saúde (175 casos).

ArcelorMittal Tubarão vai religar o seu Alto-Forno 3

A ArcelorMittal Tubarão informa que fará o religamento do seu terceiro alto-forno, parado desde abril deste ano por conta do cenário econômico desfavorável. O religamento...

“A Pequena Sereia” leva fantasia ao Diversão em Cena ArcelorMittal

Inspirada nos musicais da Broadway e dirigida por Fernando Bustamante, a peça “A Pequena Sereia” retorna ao Diversão em Cena ArcelorMittal online. A transmissão será...
Continua após publicidade