22.9 C
Vitória
segunda-feira, 17 junho, 2024

​Vila Velha inicia oficinas para plano de gestão do Projeto Orla

O Projeto Orla é um programa que tem como objetivo viabilizar o ordenamento e a utilização sustentável dos espaços da orla costeira

Por Wesley Ribeiro 

Vila Velha iniciou as oficinas públicas para elaborar o Diagnóstico Participativo, uma das etapas do Projeto Orla, realizado em parceria com a Secretaria do Patrimônio da União (SPU), Ministério do Turismo, Ministério do Desenvolvimento Regional, Ministério da Economia, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, além de órgãos ambientais, empresariais e outros setores da sociedade civil organizada.

- Continua após a publicidade -

A primeira oficina aconteceu entre os dias 18 e 22 de julho de 2022, no auditório da Faculdade Novo Milênio. A segunda oficina acontecerá entre os dias 30 de agosto e 2 de setembro deste ano.

Foram sete horas de duração no primeiro dia da oficina, no qual foi apresentado um panorama do atual cenário da orla canela-verde, bem como limitações geográficas, diretrizes de uso do solo e do gerenciamento costeiro já existentes.

Foram apresentadas ainda as potencialidades para o desenvolvimento do litoral de Vila Velha. Eduardo Brandão, professor da Universidade Federal do Pará, que integra a equipe do Projeto Orla, comentou que, ao final das oficinas e da audiência pública, todo o trabalho será transformado em programa de governo.

esbrasil-gestao-projeto-orla-vila-velha
A primeira oficina teve aconteceu entre os dias 18 e 22 de julho de 2022 – Foto: Adessandro Reis/PMVV

“Esse é um programa de interesse do estado brasileiro, que transcende interesses específicos de governos. Então o que está sendo construído aqui é um legado para o futuro. O plano trata dos interesses de toda zona costeira do país, do povo brasileiro e por isso parabenizo a atual gestão por dar continuidade a esse programa com diálogo amplo”, comentou o professor.

O Projeto Orla é um programa que tem como objetivo viabilizar o ordenamento e a utilização sustentável dos espaços da orla costeira. O programa se concretiza com a elaboração do Plano de Gestão Integrada da Orla (PGI) e no compartilhamento da gestão dos espaços de domínio da União.

Projeto Brasil é a Nossa Praia 

Vale destacar que Vila Velha é uma das nove cidades do Brasil selecionadas para participar do Projeto Brasil é a Nossa Praia, no qual o Ministério do Turismo, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, inseriu o turismo como um dos objetivos do plano de gestão a ser elaborado.

Através do PGI, busca-se garantir o acesso às praias e aos bens de uso comum da população, bem como o ordenamento do uso e da ocupação do solo, por meio de planejamento e gestão participativa, que culminará com a definição de ações e estratégias para a gestão urbana.

A secretária Adriana Peixoto, de Desenvolvimento Urbano de Vila Velha, contou que o processo de escuta e construção coletiva permitirá a gestão completa dos 32km de orla, onde o município vencerá a burocracia de décadas e poderá assumir de fato a gestão da orla.

“Estamos aproveitando esse momento de projeção nacional, onde Vila Velha figura entre as cidades referência e modelo desse novo conceito de gestão compartilhada, para construir esse plano que dará voz a todos os segmentos. Quem ganha é a cidade, com mais competitividade, ordem, disciplina e uma gestão sustentável, ambientalmente e economicamente”, enfatizou a secretária.

Após as duas oficinas será realizada uma audiência pública, onde o documento final do Plano de Gestão Integrado será apresentado.

Com informações da Prefeitura Municipal de Vila Velha (PMVV).

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA