23.9 C
Vitória
quarta-feira, 25 maio, 2022

Vale retoma atividades em Minas Gerais de forma parcial

A ferrovia Vitória a Minas segue com trechos interditados. Foto: Vale/Divulgação

O ramal de BH, responsável pelo transporte de carga geral, ainda se encontra paralisado e a companhia estuda alternativas logísticas

A Vale retomou de forma parcial e gradual suas operações em Minas Gerais, que foram paralisadas na última semana em razão das fortes chuvas que afetaram o estado mineiro. Segundo a empresa, foram reestabelecidas as condições adequadas de segurança.

No Sistema Sudeste, a circulação de trens na Estrada de Ferro Vitória a Minas foi retomada no trecho Rio Piracicaba – João Monlevade, permitindo, portanto, a expedição gradual da produção de Brucutu e Mariana, não havendo mais produção da Vale paralisada nesse Sistema em decorrência das chuvas.

Ramal de BH

O ramal de BH, responsável pelo transporte de carga geral, encontra-se paralisado, sendo estudadas alternativas logísticas para o retorno definitivo do ramal e para o escoamento da carga geral enquanto o ramal permanecer paralisado, informou a Vale em nota. 

No Sistema Sul, foram liberados alguns acessos rodoviários e viabilizados outros alternativos, permitindo a circulação de empregados/terceiros às minas do Sistema, e consequentemente, os trabalhos de adequação da infraestrutura das frentes de lavra das minas.

Retomada das Usinas

Vários trechos da MRS Logística tiveram sua circulação de trens liberada e com previsão de liberação de novos trechos ao longo da semana. Desta forma, foram retomadas, nos últimos dias e de forma gradual, as usinas de Abóboras, Vargem Grande, Fábrica e Viga, que representam cerca de metade da capacidade atual do Sistema Sul.

As demais usinas deverão ser retomadas nos próximos dias, após trabalhos adicionais de reestabelecimento das condições operacionais adequadas e normalização das circulações de trens.

Em função das paralisações em Minas Gerais estima-se um impacto de aproximadamente 1,5 mil toneladas na produção e compra de minério de ferro. A Vale considera o impacto sazonal do período chuvoso em todas as operações e, portanto, reitera seu guidance de produção de minério de ferro de 320-335 mil toneladas para 2022.

Trem de Passageiros

O Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Vitória a Minas retomou a circulação, de forma parcial, nesta segunda-feira (17). O percurso permanece com restrição, nos dois sentidos, no trecho entre a Estação de Dois Irmãos, em Barão de Cocais (MG), e a Estação Central de Belo Horizonte. 

A venda de passagens para esse trecho foi suspensa e os passageiros que já possuem viagem nesse trajeto para os próximos dias têm a opção de pedir reembolso ou remarcação sem custo adicional no prazo de 30 dias, segundo a Vale.

Segurança de barragens

A Vale permanece com a gestão e o monitoramento contínuo de suas barragens e estruturas geotécnicas, realizados por meio dos Centros de Monitoramento Geotécnicos, pelas equipes especializadas da Vale e pelos Engenheiros de Registro. Baseada em postura proativa, a Companhia informa alteração nas condições de segurança de duas estruturas, associadas às fortes chuvas que atingiram Minas Gerais.

Uma delas é a barragem Área IX, onde a elevação do protocolo de emergência de nível 1 mudou para nível 2, após alterações piezométricas na ombreira direita da estrutura. A estrutura está desativada e é contemplada no Programa de Descaracterização de Barragens a Montante da Vale.

A outra é o dique Elefante, onde foi dado início ao protocolo de emergência em nível 1, após erosão na ombreira direita da estrutura, sem o comprometimento de sua estabilidade global. O dique de contenção de sedimentos está em descaracterização.

Diversas estradas seguem interditadas em Minas Gerais. Foto: Divulgação/Seinfra

Foram iniciados os estudos e ações corretivas em ambos os casos, segundo a nota da Vale. Não há a ocupação permanente de pessoas nas Zonas de Autossalvamento correspondentes e não se faz necessária evacuação adicional. A empresa ressalta que informações continuamente atualizadas sobre suas barragens estão disponíveis em seu Portal ESG.

Ministério da Infraestrutura

O Ministério da Infraestrutura divulgou comunicado, na segunda-feira (11), com a atualização sobre as rodovias e ferrovias que estão interrompidas em razão das chuvas.

Há em torno de 20 trechos com interdições em diversas BRs. Além disso, as ferrovias- Centro-Atlântica (Santo Antônio do Monte) e MRS Logística seguem com interdições.

“O Ministério da Infraestrutura segue trabalhando em conjunto com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), DNIT e Polícia Rodoviária Federal (PRF) para amenizar os impactos causados e buscar soluções rápidas para garantir a segurança das pessoas e a trafegabilidade nas rodovias do estado”, informa o Ministério da Infraestrutura em comunicado.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade