20.9 C
Vitória
segunda-feira, 21 junho, 2021

Vacina contra a gripe reduz a gravidade da Covid-19?

Começou, nesta semana, a vacinação contra a gripe, a mais comum, cientificamente conhecida como Influenza ou H1N1 em todo o Espírito Santo. No entanto, tem quem se questione se esta vacina, além de proteger contra a gripe, também poderia ser eficaz contra a covid-19.

Mas afinal, a vacina contra a gripe reduz a gravidade da Covid-19?

De acordo com a pneumologista Jessica Polese, essa é uma dúvida constante de pacientes e sempre negada por todos os profissionais. “Sempre nos perguntaram e não tínhamos nenhuma informação concreta a respeito”, afirma.

Porém, estudos recentes do ‘American Journal of Infection Control’ – jornal científico que publica artigos sobre epidemiologia, controle de infecções e doenças infecciosas – mostraram que a vacinação da Influenza reduz a hospitalização por Covid.

Segundo o estudo, os médicos examinaram dados de mais de 27 mil pacientes de Michigan que haviam feito o teste de covid-19 até 15 de julho de 2020. Destas, quase 13 mil haviam sido vacinados anteriormente contra a gripe.

Foi constatado que a proporção de pessoas imunizadas contra a gripe comum que contraíram o novo coronavírus foi ligeiramente menor do que entre os não vacinados (4% contra 4,9%).

Além disso, os pacientes com proteção contra gripe também foram menos propensos a precisar de tratamento hospitalar ou ventilação ao contraírem uma infecção por coronavírus.

E o tempo de permanência em hospitais foi, em média, mais curto. Entretanto, não houve diferenças significativas na mortalidade entre os dois grupos de comparação.

“Pesquisas concluíram que além desta redução, caso alguém fique internado, reduz a necessidade de ventilação mecânica, e a coinfecção de Covid e Influenza”, explica a pneumologista, que ainda ressalta: “Também há a redução da infecção por Covid em pacientes com Síndromes Agudas Respiratórias”.

 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade