18.8 C
Vitória
sábado, 20 agosto, 2022

Um dos mais antigos do ES, museu do Convento da Penha ganha site

Convento da Penha
Convento da Penha. Foto: Jefferson Pancieri

O acervo museológico do Convento da Penha é um dos mais antigos e importantes do Espírito Santo

Por Munik Vieira

Museu do Convento da Penha. Foto: Reprodução

Com o objetivo de manter a preservação e a divulgação desse acervo e graças a diversos voluntários, o Convento da Penha e a Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil realizaram o projeto Tratamento Técnico do Acervo Museológico do Convento da Penha.

No projeto, 570 peças – cerca de 50% do total do acervo do Convento –, entre esculturas e pinturas religiosas; mobiliário e objetos litúrgicos variados, datados a partir do século XVI e de grande valor histórico, sob a responsabilidade da museóloga Maria Clara Medeiros Santos Neves, foram identificadas por meio de um inventário técnico. As peças foram tratadas com higienização e armazenamento em Reserva Técnica e digitalizadas por processo fotográfico. Além disso, várias peças fragmentárias tiveram suas partes reunidas e aguardam restauração.

Para divulgação deste acervo e do projeto, foi criado o site Patrimônio do Convento da Penha.

Live de lançamento

A live de lançamento do site vai acontecer nesta quarta-feira (1º), às 19 horas, no canal do Convento no Instagram. O projeto é uma parceria com a Lei Aldir Blanc, o Governo do Estado do Espírito Santo, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), e o Ministério do Turismo, do Governo Federal.

Convento da Penha

Convento da Penha
O Convento da Penha é um dos pontos turísticos mais visitados no Espírito Santo. – Foto: Reprodução

O Convento da Penha é o principal ícone do Estado do Espírito Santo e um dos mais antigos do Brasil. Sua longa história remonta a meados do século XVI, com a chegada, em 1558, do Frei Pedro Palácios. Na ocasião, ele trouxe consigo o painel de Nossa Senhora dos Prazeres, ou das Alegrias, pintura a óleo com refinamento de detalhes, rica em ornamentos e vestes e de grande expressividade representativa, atribuída à Escola Castelhana da época. Tão logo chegou, Frei Pedro cuidou da construção da pequena ermida, a Capela de São Francisco, no local conhecido como Campinho, em Vila Velha, dedicando-se depois à construção de nova capela no alto do morro, núcleo inicial do Convento de Nossa Senhora da Penha. Para lá transferiu o painel e colocou no altar a imagem vestida de Nossa Senhora, encomendada de Portugal. Dada a localização, no alto da pedra, a imagem assumiria a invocação de Nossa Senhora da Penha.

No projeto, painel e escultura são os primeiros componentes do acervo museológico do Convento da Penha, que foram se juntando a novos itens, principalmente a partir do século XVIII.

A Província Franciscana conta com o Departamento de Bens Culturais, coordenado pelo museólogo Frei Róger Brunorio. Esse Departamento tem um caráter multidisciplinar e visa ao conhecimento, preservação, conservação, valorização e divulgação do patrimônio histórico, artístico e cultural existente e produzido no território da Província, sendo responsável por políticas culturais e orientações museológicas relacionadas ao acervo de bens móveis

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade