24.9 C
Vitória
quarta-feira, 1 dezembro, 2021

Ufes estuda saúde mental de profissionais que atuam no combate à covid-19

Compreender e investigar o estado de saúde mental de profissionais que trabalham na linha de frente no combate à covid-19 são os principais objetivos de uma pesquisa da Ufes

Por Munik Vieira

O estudo, chamado ‘Fatores de risco e proteção para saúde mental de profissionais da linha de frente brasileira na pandemia da covid-19’, está sendo realizada pela pesquisadora e mestranda do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (PPGP/Ufes) Livia Barreto, sob a orientação da professora Valeschka Guerra.

Podem participar médicos, fisioterapeutas, enfermeiros, técnicos de enfermagem e todos os trabalhadores de saúde que estão atuando na linha de frente de combate à pandemia. A participação é voluntária, e as informações serão confidenciais, sendo assegurado o sigilo aos participantes. Os dados coletados serão analisados por pesquisadores, e os resultados serão divulgados por meio do PPGP e publicados em revistas científicas nacionais e internacionais, sem a identificação dos voluntários.

Os interessados em responder às perguntas podem acessá-las aqui. O questionário ficará disponível para preenchimento até 31 de outubro de 2021.

Prevenção e proteção

A investigação visa ainda ampliar os conhecimentos científicos no campo da Psicologia em relação à saúde mental dos trabalhadores da saúde, assim como elaborar estratégias de prevenção, proteção e enfrentamento das demandas do cotidiano de trabalho, seja em condições extremas ou de rotina.

“Diversas pesquisas internacionais e nacionais já indicaram altos níveis de ansiedade, estresse, depressão e síndrome de Burnout nesses profissionais em todo o mundo. Devido à importância desses profissionais na situação atual da pandemia, investigar sua saúde mental é de fundamental relevância para toda a sociedade. Agora queremos conhecer a nossa realidade”, explica a professora Valeschka Guerra.

A síndrome de Burnout, também conhecida como a síndrome do esgotamento profissional, é um distúrbio emocional com sintomas de exaustão extrema, estresse e esgotamento físico. A principal causa da doença é o excesso de trabalho.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade