24.9 C
Vitória
terça-feira, 25 junho, 2024

Timberwolves eliminam campeões da NBA; Pacers também avançam

Sem se intimidar com a torcida em Denver, os Timberwolves mostraram poder no jogo que garantiu ao time a vaga na final da Conferência Oeste

O Minnesota Timberwolves derrubou o atual campeão da NBA, o Denver Nuggets, na noite deste domingo, com direito a duas viradas. Sem se intimidar com a torcida, em Denver, os Timberwolves mostraram poder de reação tanto no jogo quanto na série, que garantiu ao time a vaga na final da Conferência Oeste. No Leste, Indiana Pacers despachou o New York Knicks.

A série melhor de sete jogos do Oeste foi de reviravoltas desde o começo. Os Timberwolves venceram duas partidas seguidas e abriram 2 a 0. Os Nuggets levaram a melhor nas três partidas seguintes e viraram o confronto. Mas a equipe de Minnesota reagiu na série, faturou dois jogos em sequência e buscou o triunfo na casa do rival, selando o duelo por 4 a 3.

- Continua após a publicidade -

A reação também aconteceu no próprio jogo decisivo. Antes de vencer a partida por 98 a 90, os Timberwolves precisaram reverter uma desvantagem de 20 pontos no segundo tempo. A história do jogo teve relação direta com o desempenho de Anthony Edwards, principal jogador da equipe visitante.

Com uma atuação apática, ele chegou ao intervalo com apenas quatro pontos, zero rebote e três assistências. Na volta para o terceiro quarto, Edwards cresceu em quadra e comandou a virada no placar, fechando o jogo com 16 pontos, oito rebotes e sete assistências.

“Foi difícil porque eu não conseguia me encontrar, não conseguia encontrar o meu ritmo hoje. Então, eu acreditei nos meus companheiros. Apenas tentei fazer os movimentos certos ao longo da partida. Eu fiz isso e os meus companheiros fizeram as cestas”, comentou Edwards.

A postura de armador e até “garçom” do astro ficou escancarada nos números dos companheiros de time. Jaden McDaniels, que não costuma se destacar nas pontuações, e Karl-Anthony Towns anotaram 23 pontos cada – Towns terminou a partida com um “double-double”, com 12 rebotes. A atuação coletiva também foi o destaque dos visitantes, que contaram com seis jogadores registrando ao menos dois dígitos em pontuação.

O trio dos Timberwolves acabou deixando em segundo plano a boa atuação de Nikola Jokic, maior astro em quadra. O sérvio foi eliminado da competição menos de duas semanas após receber o troféu de MVP, de melhor jogador da temporada regular. Ele foi o segundo maior pontuador da partida, com 34 pontos. Também anotou incríveis 19 rebotes e sete assistências. Jamal Murray marcou 35 pontos.

Na final da Conferência Oeste, o time de Minnesota enfrentará o Dallas Mavericks, que havia eliminado o Oklahoma City Thunder. A decisão da Conferência Leste terá o favorito Boston Celtics e o Indiana Pacers, responsável por eliminar o New York Knicks também na noite de domingo.

O confronto também foi decisivo no sétimo e último jogo, mais uma vez com virada. Os Knicks lideraram durante a maior parte do duelo. Chegaram a ter 3 a 2, a apenas um triunfo da classificação. Mas cederam o empate e, na partida decisiva, foram superados em casa por 130 a 109. Os Pacers fecharam por 4 a 3 a série melhor de sete.

Tyrese Haliburton (26 pontos), Andrew Nembhard (20) e Pascal Siakam (20) foram os destaques dos Pacers. Pelos Knicks, os destaques foram Donte DiVincenzo, cestinha do confronto (39 pontos) e o reserva Alec Burks (26). Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA