20.9 C
Vitória
quarta-feira, 20 outubro, 2021

Tiggo 3X desafia Nivus em duelo de compactos

Leia Também

Nas dimensões, os dois modelos são parelhos. Enquanto o Tiggo 3X tem 8 cm a mais na altura, o Nivus é 7 cm mais comprido. Porém, a distância entre os eixos é só 1 cm maior

Por Tião Oliveira (Agência Estado)

O Tiggo 3X é a nova aposta da Caoa Chery no Brasil. E a marca não está para brincadeira. Além do preço promocional a partir de R$ 94.990 (versão Plus), o SUV compacto pode ser adquirido por meio de financiamento com juros mensais de 0,89% e pagamento da primeira parcela após seis meses da compra. No mesmo sentido, há seguro por preço fixo, independentemente do perfil do motorista. Para saber do que o novato é capaz, comparamos sua versão de topo, Pro, tabelada a R$ 99.990, com o Volkswagen Nivus, que tem dimensões, porta-malas e mecânica parecidos, bem como preço a partir de R$ 100.050 na versão de entrada, Comfortline. E, por também ter mais equipamentos, garantia de cinco anos (três no VW) e até recompra assegurada na troca, o Tiggo 3X venceu.

Começando pelo estilo – embora esse fator seja muito pessoal -, o Caoa Chery é mais moderno que o Nivus. Colabora com isso a grade em formato de colmeia, que parece flutuar. Bem como os faróis superiores, de LEDs e estreitos, que lembram os da Fiat Toro.

Nas dimensões, os dois modelos são parelhos. Enquanto o Tiggo 3X tem 8 cm a mais na altura, o Nivus é 7 cm mais comprido. Porém, a distância entre os eixos é só 1 cm maior.

Ou seja, o Caoa Chery trata melhor pessoas mais altas. Para quem vai atrás, a área para as pernas é igual nos dois. O porta-malas do Tiggo 3X tem 5 litros a mais que o do Nivus. Ou seja, a diferença é imperceptível.

Tiggo 3X desafia Nivus
Foto: DIvulgação

O Caoa Chery produzido em Jacareí (SP) tem melhor acabamento. Embora sejam opções de entrada no segmento, no Tiggo 3X os revestimentos são mais caprichados e agradáveis ao toque. E há materiais de diferentes tipos de textura. No VW feito em São Bernardo do Campo (SP), reina o plástico duro.

Além disso, de série, o Caoa Chery vem com itens como monitor de pressão e temperatura dos pneus, e multimídia com tela de 9 polegadas (7″ no Nivus) – o carro das fotos desta página é da versão Highline, de R$ 114.650). Bem como abertura e fechamento de portas e rebatimento dos espelhos por aproximação, além de comando de climatização à distância.

O VW contra-ataca com ajuste automático do retrovisor direito ao engatar a marcha a ré e vidros dianteiros com sistema “um toque” Bem como três portas USB e seis alto-falantes (respectivamente, uma e quatro no Tiggo 3X). Além disso, só o VW tem air bags laterais dianteiros e do tipo cortina.

Compactos
Foto: Divulgação

Entre as peculiaridades do Tiggo 3X está o botão físico que liga e desliga o sistema multimídia e pode controlar o volume do som. Posicionado próximo à alavanca de câmbio, gera um estranhamento inicial. Porém, logo o motorista se acostuma e a operação passa a ser intuitiva.

O VW pode ter tela de 10″ sensível ao toque. Porém, esse recurso está em um pacote de opcionais que inclui frenagem automática e sai por R$ 4.130.

Nos dois modelos, dá para parear smartphones com sistemas Android Auto e Apple Carplay. Da mesma forma, em ambos o multimídia é fácil de usar.

Em movimento

Em comum, Tiggo 3X e Nivus têm motor 1.0 de três cilindros e 12 válvulas com turbo e tecnologia flexível. Além de câmbio automático.

Porém, as respostas do trem de força talvez sejam a maior diferença entre eles. Começando pelos números de desempenho – com 100% de etanol.

Compactos
Foto: Divulgação

O tricilíndrico do Tiggo 3X, até então inédito no Brasil, gera 102 cv de potência e 17,1 mkgf de torque. No Nivus são, respectivamente, até 128 cv e 20,4 mkgf.

Na prática, o Tiggo 3X é um carro pacato. Ou seja, as respostas são bastante previsíveis e estão longe de entusiasmar. Isso tem a ver com o câmbio CVT, que simula nove marchas e foca conforto e consumo. Em alguns momentos, a caixa mostrou “indecisão”, sobretudo na cidade. Por sua vez, o conjunto do Nivus é empolgante. O câmbio automático de seis velocidades gerencia com maestria o bom fôlego do motor de três cilindros.

Em outras palavras, o Tiggo 3X é “bem família”. Contribui com isso a ótima suspensão, que isola a cabine dos solavancos gerados por pisos ruins.

Já o Nivus é um carro para quem gosta de dirigir, mas que sofre com a buraqueira. A suspensão, mais firme, chega a dar algumas batidas secas.

Entre as vantagens, as três primeiras revisões do VW são grátis. Somadas, as do Caoa Chery custam R$ 1.609,86. Mas podem ser pagas em três vezes.

Prós e contras

Tiggo 3X

Pró: Custo-benefício

Com vantagens na hora da compra e bem equipado, Tiggo 3X é um bom SUV familiar.

Contra: Câmbio

Transmissão CVT simula 9 marchas, mas foca conforto e limita as respostas do motor.

Nivus

Pró: Trem de força

Motor e câmbio fazem conjunto muito bom, que responde de pronto aos comandos.

Contra: Suspensão

Sistema garante estabilidade, mas o Nivus sofre muito com as imperfeições das vias.

Veja o video

Continua após publicidade

Mais Motores

Blogs e colunas