24.9 C
Vitória
quarta-feira, 10 agosto, 2022

Tesouro publica pela 1ª vez Relatório de Projeções Fiscais

Ao final do ano, o Governo Central deve registrar receitas total e líquida da ordem de 22,3% e 17,7% do PIB, respectivamente. Foto: Internet

Ao final do ano, o Governo Central deve registrar receitas total e líquida da ordem de 22,3% e 17,7% do PIB, respectivamente

Pela primeira vez, o Tesouro Nacional divulgou nesta quarta-feira, 29, o Relatório de Projeções Fiscais, que acrescenta ao Relatório de Projeções da Dívida Pública estimativas desagregadas para as receitas e despesas primárias do Governo Central dentro de um horizonte de dez anos. De acordo com o órgão, o propósito da nova publicação é apresentar um panorama de médio prazo das finanças da União que permita o debate a respeito da trajetória e da sustentabilidade das contas públicas.

As estimativas são feitas com base no cenário macroeconômico fornecido pela Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia (SPE/ME) e têm como ponto de partida as projeções para 2022 divulgadas pelo Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas Primárias de maio.

De acordo com tal documento, ao final do ano, o Governo Central deve registrar receitas total e líquida da ordem de 22,3% e 17,7% do PIB, respectivamente.

As despesas devem alcançar 18,3% do PIB, já descontados os R$ 10 bilhões necessários para respeito ao teto de gastos no ano. Com isso, o resultado primário seria deficitário em 0,6% do Produto Interno Bruto (PIB).

O subsecretário de Planejamento Estratégico da Política Fiscal, David Athayde, explicou que o Relatório de Projeções Fiscais terá publicação semestral.

Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade