16.6 C
Vitória
quarta-feira, 29 junho, 2022

Tênis: Bia Haddad entra no Top 50 do ranking; Monteiro volta ao Top 100

Foto_BiaHaddad_Revista_ES_Brasil
A tenista, Bia Haddad, entra no Top 50. Foto: Reprodução/Internet

Atualização dos rankings saiu nesta segunda, 16 de maio

Com informações de Agência Estado

A atualização dos rankings da ATP e da WTA, nesta segunda-feira, 16 de maio, trouxe boas notícias para o tênis brasileiro. Beatriz Haddad Maia entrou no Top 50 pela primeira vez em sua carreira, enquanto Thiago Monteiro voltou a figurar entre os 100 melhores do mundo na lista masculina.

Em seu melhor momento da carreira, Bia teve um grande final de semana. Ela foi campeã nas duplas do WTA 125 de Paris, na França, ao lado da local Kristina Mladenovic. E foi vice na chave de simples. Na semana anterior, havia sido campeã do WTA 125 de Saint Malo, também em solo francês.

Embalada, ela obteve na semana passada seu melhor ranking ao aparecer no 52º posto da WTA. Nesta segunda, subiu ainda mais, agora para o 49º. Ela se tornou apenas a quinta tenista brasileira da história a entrar no Top 50 do ranking. Bia se juntou a Maria Esther Bueno, Niège Dias, Teliana Pereira e Patricia Medrado.

Entre as demais brasileiras, também houve crescimento no ranking Laura Pigossi, medalhista de bronze na Olimpíada de Tóquio, subiu duas posições e agora aparece em 123ª, sua melhor colocação da carreira. Já Carolina Meligeni Alves deu um salto de 33 posições, ocupando agora o 203º posto, após ser vice-campeã do ITF W60 de Saint-Gaudens, na França – foi a maior final da sua carreira até agora.

No Top 10, houve poucas mudanças nesta segunda-feira. Campeã em Roma, a polonesa Iga Swiatek aumentou a vantagem na ponta. A tunisiana Ons Jabeur, vice na capital italiana, subiu uma posição, para o sexto lugar. A belarussa Aryna Sabalenka também ganhou uma colocação e aparece no sétimo posto. Ambas deixaram para trás a checa Karolina Pliskova, que caiu para a oitava posição.

Monteiro sobe 

No masculino, Thiago Monteiro retornou ao Top 100 após três meses. Ele subiu uma posição, o suficiente para virar o 100º do mundo. Os demais brasileiros sofreram quedas. Felipe Meligeni caiu uma colocação, para 190º. Matheus Pucinelli perdeu três posições e agora aparece em 223º e Thiago Wild despencou 16 colocações, figurando em 247º.

No Top 10, o sérvio Novak Djokovic ganhou um alívio na liderança ao abrir vantagem sobre o russo Daniil Medvedev após se sagrar campeão em Roma, no domingo. Apesar do vice-campeonato, o grego Stefanos Tsitsipas subiu uma posição, para o quarto lugar. Ele desbancou o espanhol Rafael Nadal, que caiu para o quinto posto.

Já o norueguês Casper Ruud ganhou dois lugares e figura em 8º. Por outro lado, o italiano Matteo Berrettini perdeu duas posições e está em 10º.

Confira a lista dos melhores do mundo no feminino:

1º – Iga Swiatek (POL), 7.061 pontos; 2º – Barbora Krejcikova (RCH), 4.911; 3º – Paula Badosa (ESP), 4.770; 4º – Maria Sakkari (GRE), 4.726; 5º – Anett Kontaveit (EST), 4.446; 6º – Ons Jabeur (TUN), 4.380; 7º – Aryna Sabalenka (BEL), 3.966; 8º – Karolina Pliskova (RCH), 3.568; 9º – Danielle Collins (EUA), 3.315; 10º – Garbiñe Muguruza (ESP), 3.031. 

Confira a lista dos melhores do mundo no masculino:

1º – Novak Djokovic (SER), 8.660 pontos; 2º – Daniil Medvedev (RUS), 7.980; 3º – Alexander Zverev (ALE), 7.200; 4º – Stefanos Tsitsipas (GRE), 6.170; 5º – Rafael Nadal (ESP), 5.525; 6º – Carlos Alcaraz (ESP), 4.770 ;7º – Andrey Rublev (RUS), 3.945 ;8º – Casper Ruud (NOR), 3.940; 9º – Felix Auger-Aliassime (CAN), 3.850 ;10º – Matteo Berrettini (ITA), 3.805.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade