22.9 C
Vitória
sexta-feira, 5 junho, 2020

Tenho 40 anos: devo fazer intercambio?

Leia Também

Crise tem maior impacto em negócios liderados por empreendedores mais velhos

Durante a pesquisa realizada pelo Sebrae e a FGV, foram ouvidos 10.384 empresários do setor, entre 30 de abril e 5 de maio, e mostrou que entre os entrevistados com 56 anos ou mais.

Prefeitura da Serra reduz burocracia para mais dez negócios

Na instrução normativa publicada na última segunda-feira (1°) foram incluídas mais 10 atividades na lista que já continha 150.

Petrobras eleva preço do gás de cozinha nas refinarias

O aumento também está relacionando ao consumo do gás de cozinha durante a pandemia, já que o isolamento social tem levado às famílias a cozinharem mais em casa.

Dia Mundial do Meio Ambiente estimula ações de preservação do planeta

Para comemorar a data, instituições privadas, ONG's, prefeituras, e outras, se unem para fazer ações de conscientização em tempo de pandemia.

Aumento dessa faixa etária chama a atenção do comportamento dos viajantes

A lógica social dos anos 80/90, na maioria dos países, era trabalhar na mesma empresa até se aposentar, ter filhos, comprar uma casa e troca de carro todo ano. Os adultos conheciam no máximo as cidades próximas a eles e concediam tempo para viajar apenas nos feriados e férias. Porém, essa dinâmica social está se alterando. A lógica do trabalho mudou e as pessoas investem o seu capital mais em experiências do que em produtos. Realizar um intercâmbio em qualquer momento da vida já está sendo considerado por muitos.

No nosso país, 365 mil viajantes aderiram a essa modalidade em 2018. Desses, 17,7% tinham 40 anos ou mais. Os dados são da pesquisa Selo Belta, que é o levantamento anual que ocorre desde o ano 2016 e analisa o comportamento do viajante intercambista divulgado pela Associação de Agências de Intercâmbio.

“Estamos falando de um aumento significativo dessa faixa etária. Em 2017, foram 15,1%. Outro dado interessante é que 62% das pessoas que embarcaram eram mulheres e estavam viajando sozinhas. É uma independência inspiradora”, comemora Maura Leão, presidente da Belta.

O número de intercambistas também aumentou de 2017 para 2018. Foi de 302 mil estudantes para 365 mil estudantes. Gerando uma movimentação financeira de US$ 1,2 bilhão de dólares. “Mesmo em um ano de crise , os brasileiros não deixaram de investir na sua educação e também em conhecer novos lugares. A maioria, dessa faixa etária, opta por fazer o curso de idioma. Porém, sempre combinam com algum outro curso como culinária, fotografia, entre outros”, evidencia Allan Mitelmao, diretor da Belta.

O que chama atenção também na pesquisa Selo Belta 2018 é o tempo dedicado para o intercâmbio: aumentou a escolha pelo período de 30 dias. Em 2017, 28,6% correspondia a esse tempo de duração, já em 2018 foi para 32,3%. Isso acontece porque essa faixa etária, 40 anos ou mais, optam por ter mais conforto durante a estadia. Por este tempo de viagem é possível ficar em um hotel ou mesmo alugar um apartamento por meio do Airbnb.

” Claro que isso não impede que esse intercambista fique em casas de família ou mesmo em residência estudantil. Tudo vai depender muito do perfil dele. Há cursos inclusive que só aceitam a faixa etária de 40+. Assim, vale uma pesquisa detalhada de qual modalidade ele quer optar e claro olhar a lista das agências Selo Belta para não ter surpresas desagradáveis na aquisição do pacote”, orienta Maura Leão, presidente da associação.


LEIA TAMBÉM
Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

esbrasil_177
Continua após publicidade

Fique por dentro

Inflação para famílias de baixa renda cai 0,30% em maio, diz FGV

Com o resultado, o índice acumulou alta de 0,81% no ano de 2020. Em 12 meses, o indicador acumulou avanço de 2,59% Por Daniela Amorim (AE)...

Dia Mundial do Meio Ambiente estimula ações de preservação do planeta

Para comemorar a data, instituições privadas, ONG's, prefeituras, e outras, se unem para fazer ações de conscientização em tempo de pandemia.

Produtos com até 50% no Dia Livre de Impostos

E por conta da pandemia do novo coronavírus, os estabelecimentos inovaram. Neste ano, o Dia Livre de Impostos será on-line.

Projeção de alta do crédito bancário em 2020 passa de 4,8% para 7,6%, diz BC

Já a projeção de crescimento do crédito livre em 2020 passou de 8,2% para 10,6%. No caso dos recursos direcionados, a projeção foi de zero para alta de 3,5%.

Vida Capixaba

Prefeitura de Vila Velha e BNDES firmam parceria para modernizar parque de iluminação da cidade

Inicialmente, o sistema substituirá as 35 mil luminárias em toda a cidade, com lâmpadas com tecnologia de LED, além de telegestão, instalação de tecnologia de monitoramento remoto das luminárias.

Tendência nos anos 1960, cinema drive-in chegará a Vitória

O cinema drive-in chegará a Vitória na segunda quinzena de junho, no estacionamento da Faculdade Estacio de Sá, em Jardim Camburi.

Vitória organiza Circuito Cultural com exposição on-line

Os alunos do Núcleo de Fotografia do Circuito Cultural, equipamento da Secretaria Municipal de Cultura de Vitória (Semc) fizeram trabalhos que estão sendo disponibilizados por meio de uma exposição on-line. 

Vila Velha instala câmeras de alta definição em ruas

Os equipamentos serão instalados em pontos estratégicos da cidade. A primeira instalação teste com uma das novas câmeras ocorreu na última sexta-feira (29), no Farol de Santa Luzia. 
Continua após publicidade