25.9 C
Vitória
sábado, 15 agosto, 2020

Você sabe quais são os sintomas do Parkinson? Conheça!

Leia Também

Campanha do TSE incentiva eleitores a serem mesários voluntários nas Eleições Municipais de 2020

A Justiça Eleitoral tradicionalmente conta com um importante contingente de aliados para garantir a segurança e o sigilo do voto nas eleições: os mesários. Com...

Sindiplast-ES articula a promoção de cursos para associados

Para promover cursos e treinamentos que possam contribuir com o aumento da competitividade das empresas, o sindicato buscou a parceria do Sebrae-ES, Sesi e...

PIX: ferramenta dos grandes bancos pra não perder pros novatos?

Conselheiro do Corecon avalia interesses que podem estar sendo preservados com o novo sistema, estruturado pelo BC, que passa a vigorar a partir de...

Doença é causada pela diminuição progressiva de um neurotransmissor responsável pela modulação dos movimentos

Um tremor involuntário, rigidez muscular, movimentos mais lentos, letra cursiva que diminui de tamanho, perda da expressão facial, piscar dos olhos menos frequente. Esses são alguns dos sinais de Parkinson, uma doença neurológica, crônica e progressiva.

Na próxima quinta-feira (11), é celebrado o Dia Mundial de Conscientização da Doença de Parkinson. Há alguns sintomas mais comuns que podem indicar o problema e quanto mais cedo o diagnóstico, melhor a resposta ao tratamento.

Segundo o neurocirurgião da Unimed Vitória, Alexandre Teixeira dos Santos, “a doença é causada pela morte de células do cérebro na região chamada de “substância negra”, onde se encontra a dopamina, um neurotransmissor responsável pelo controle dos movimentos”.

O médico afirma, ainda, que a doença acomete com mais frequência pessoas a partir dos 55 anos. Entretanto, atinge cerca de 10 a 20% da população abaixo dos 40.

Diagnóstico

O médico afirmou que o diagnóstico é feito por meio de uma avaliação clínica e exame físico detalhado. Nos casos de pacientes mais novos, é possível que o médico peça alguns exames para garantir que os tremores não provêm de outras causas.

Segundo Alexandre dos Santos, quanto mais cedo o diagnóstico, melhor o tratamento e qualidade de vida do paciente. Já o tratamento pode ser medicamentoso e, em alguns casos, cirúrgico.

“Os medicamentos são à base de reposição de dopamina. Por causa de outros sintomas associados como depressão, perda de memória e aparecimento de demências, pode ser necessário o uso de outros medicamentos”, explica o especialista.

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

ESB 179 Digital
Continua após publicidade

Fique por dentro

Com reação à pandemia, alta dos desembolsos do BNDES é a maior desde 2009

Na comparação dos desembolsos trimestrais com iguais períodos de anos anteriores, sempre corrigindo pela inflação, a alta de 61,6% foi a maior desde o terceiro trimestre de 2009

Com pandemia, Brasil tem queda recorde da atividade no 2º trimestre

Os dados do BC já levam em conta os ajustes sazonais, o que permite a comparação de um trimestre com os três meses imediatamente anteriores

Idaf realiza ação educativa na Ceasa/ES

Com o objetivo de conscientizar produtores rurais e compradores sobre a importância do Serviço de Inspeção Oficial nos produtos de origem animal, o Instituto...

Bater ponto de trabalho a distância vira questão com pandemia

A Reforma Trabalhista de 2017 regulamenta o teletrabalho como uma prestação de serviços fora das dependências do empregador

Vida Capixaba

Você sabia que dá para assinar a escritura de um imóvel ou se divorciar pela internet?

Do divórcio à escritura do imóvel: palestra mostrará o avanço dos atos jurídicos via internet. Apresentação, no próximo dia 17, será feita por Renato...

Frases ganham destaque na decoração

Mais do que decorar de forma harmônica os projetos, as frases revelam sentimentos e desejos dos seus moradores, pois a maioria são carregadas de histórias.

Novas passarelas de pedestres em Viana

A Eco101 iniciou as obras para a implantação de mais três passarelas de pedestres na BR-101/ES/BA, totalizando 19 estruturas ao longo da rodovia. Atualmente, existem...

Durante a pandemia, a pele também precisa de cuidados

Entre o medo do contágio e a vontade de que tudo volte à normalidade, a pandemia despertou nas pessoas uma maior preocupação e cuidados...
Continua após publicidade