27.2 C
Vitória
sexta-feira, 23 abril, 2021

Setor industrial capixaba registra aumento dos salários em 2012

O ano de 2012 começou com um aumento nos salários reais pagos pela indústria capixaba. Conforme resenha de conjuntura divulgada nesta segunda-feira (26) pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), com dados da Pesquisa Industrial Mensal de Empregos e Salários (Pimes) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em janeiro foi registrado crescimento de 4,8% nos salários do setor, em relação ao mês anterior.

O resultado mostra uma recuperação do setor, que havia registrado uma queda de 3,5% em dezembro de 2011. O resultado foi sustentado por um avanço na indústria de transformação, com aumento de 8,57% no valor da folha de pagamento real. Já a Indústria Extrativa apontou queda de 10,4%.

Na comparação com os resultados do mesmo mês do ano anterior, o valor dos salários reais pagos pela indústria capixaba cresceu +4,6%, recuperando parte da diminuição acumulada, de -5,5%, ocorrida em novembro e dezembro últimos. O resultado foi positivo em dez setores pesquisados, com destaque para os segmentos de minerais não metálicos (+46,6%), alimentos e bebidas (+14,3%) e para a indústria extrativa (+11,7%).

Quanto ao índice de pessoal ocupado, tanto a indústria extrativa, quanto a indústria de transformação tiveram resultados positivos, respectivamente +1,2% e +0,13% de pessoal ocupado em janeiro, comparado com dezembro. O maior crescimento foi observado nos segmentos máquinas e aparelhos elétricos, eletrônicos, de precisão e de comunicações (+3,8%) e produtos de metal, inclusive máquinas e equipamentos (+1,9%). Já o segmento de papel e gráfica registrou a maior queda (-2,3%), efeito da queda no preço da celulose no mercado internacional.

O Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) também divulgou nesta segunda-feira (26) balanço da produção industrial capixaba no mês de janeiro de 2012. Na comparação com dezembro de 2011, o índice de produção industrial do Espírito Santo, descontados os efeitos sazonais, apresentou queda de 0,42%, entretanto, o resultado foi superior ao desempenho brasileiro, que caiu 2,06%. Já o acumulado dos últimos 12 meses, o setor industrial espírito-santense apresentou uma taxa de crescimento de 5,71%, a terceira maior entre os estados brasileiros pesquisados. O índice também é superior ao total nacional, que registrou queda de 0,2%.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade