14.9 C
Vitória
quarta-feira, 29 junho, 2022

Serguei morre aos 85 anos no Rio de Janeiro

Foto: Divulgação

O cantor morreu por conta de problemas cardíacos. Ele estava internado há 11 dias na UTI

O cantor Serguei morreu aos 85 anos nesta sexta-feira (07). Ele estava internado há 11 dias na Unidade de Tratamento Intensiva (UTI), do Hospital Zilda Arns, em Volta Redonda, Rio de Janeiro, onde faleceu.

De acordo com o G1, a diretoria do hospital disse que a morte foi ocasionada por problemas cardíacos, devido a pneumonia, desnutrição e complicações senis. Ele sofria de Alzheimer.

Serguei é um ícone do rock brasileiro. – Foto: Divulgação

No início de maio, Serguei foi internado em um hospital de Saquarema, no Rio de Janeiro, com um quadro de desidratação, desnutrição e infecção urinária. No final do mês, o quadro agravou. Ele desenvolveu arritmia severa e insuficiência respiratória aguda e foi transferido para Volta Redonda.

Carreira

Sérgio Augusto Bustamante, conhecido como Serguei, foi um dos maiores representantes do Rock no Brasil. Nascido em 08 de novembro de 1933, aos 12 anos foi morar com a avó Lia Anderson, em Long Island, Nova York, onde começou a participar de festivais estudantis.

Começou sua carreira musical, em 1966. Foi morar na cidade de Saquarema, no Rio de Janeiro, em 1972, logo após a famosa história de que ele havia tido um affair com a cantora Janis Joplin.

Conhecido por suas versões de clássicos do rock, sempre com uma performance, um visual e um discurso exagerados, tinha um visual extravagante, marcado por roupas rasgadas, maquiagem, vários acessórios, camisas pretas e cabelos longos.

Também se apresentou em quatro edições do Rock in Rio. A segunda edição do evento foi aberta por ele, mas em 2001, voltou ao festival e cantou “Satisfaction”, dos Rolling Stones. Além disso, sua casa em Saquarema transformada em um museu do rock.

Em 2013, Serguei foi destaque do carnaval do Rio pela Mocidade Independente, cujo enredo foi dedicado ao Rock in Rio. No desfile, o cantor usou uma fantasia com a frase “Eu comi a Janis Joplin”, na comissão de frente.

 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade