20.9 C
Vitória
segunda-feira, 21 junho, 2021

Senado confirma Marcos Do Val em CPI da Pandemia

O objetivo é investigar a condução do combate à pandemia pelo governo federal e o uso de verbas federais transferidas a estados e municípios

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, confirmou os nomes que vão compor a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia. Entre os nomes, apenas um capixaba. O senador Marcos Do Val, que foi incluido como suplente na comissão.

O objetivo é investigar a condução do combate à pandemia pelo governo federal e o uso de verbas federais transferidas a estados e municípios.

O parlamentar capixaba tem sido um dos principais defensores da criação da CPI. “Uma das minhas maiores lutas é contra a corrupção. Por isso fui um dos primeiros a assinar o requerimento [para a abertura da CPI]. A Justiça será feita”.

A data da instalação ainda não foi definida. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), autor do requerimento de criação da CPI defendeu que os trabalhos comecem já na próxima quinta-feira (22).

“Consultei boa parte dos membros da comissão. Eles estão prontos para virem a Brasília assim que forem chamados. A possibilidade de adiamento já foi vencida pelos fatos. Creio que todos têm essa convicção”.

Veja os nomes:

Titulares:
Eduardo Braga (MDB-AM)
Renan Calheiros (MDB-AL)
Ciro Nogueira (PP-PI)
Omar Aziz (PSD-AM)
Otto Alencar (PSD-BA)
Tasso Jereissati (PSDB-CE)
Eduardo Girão (Podemos- CE)
Marcos Rogério (DEM-RO)
Jorginho Mello (PL-SC)
Humberto Costa (PT-PE )
Randolfe Rodrigues (Rede-AP)

Suplentes
Jader Barbalho (MDB-PA)
Luis Carlos Heinze (PP-RS)
Angelo Coronel (PSD-BA)
Marcos do Val (Podemos-ES)
Zequinha Marinho (PSC-PA)
Rogério Carvalho (PT-SE)
Alessandro Vieira (Cidadania-SE)

*Com informações adicionais da Agência Senado

- Publicidade -

Matérias relacionadas

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade