26.8 C
Vitória
segunda-feira, 1 março, 2021

Saúde, educação e negócios em foco no município da Serra

Município registrou o melhor saldo de novas vagas de emprego de janeiro a outubro de 2020

A Serra é a cidade do Espírito Santo que mais abriu vagas de emprego neste ano, mesmo durante a pandemia, no acumulado de janeiro a outubro de 2020, segundo dados mais recentes do Ministério da Economia sobre o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Nesses 10 meses, foram geradas 3.355 oportunidade de trabalho (49.401 admissões e 46.046 desligamentos). Considerando apenas o mês de outubro, foram 2.209, novas vagas, o que colocou a Serra em 1º lugar entre os municípios capixabas no saldo de empregos formais.

Em todo o Estado, foram 9.228 novos postos de trabalho em outubro; enquanto no acumulado dos 10 meses houve 2.528 demissões a mais que o número de novas vagas.
“Alcançar bons resultados em períodos de prosperidade é mais fácil. Agora fazer o que a Serra faz, só com responsabilidade e compromisso com a população.

Os investidores querem se instalar na Serra pelos diferenciais e atrativos do município e a prefeitura, por meio do Sine, não mede esforços para oportunizar emprego à população”, afirmou o prefeito da Serra, Audifax Barcelos.

Saúde

A Prefeitura da Serra realizou ao longo de 2020 diversas ações no combate ao novo coronavírus. Além de tornar a UPA de Castelândia, única do Estado especializada nesse atendimento, a Secretaria de Saúde contratou mais profissionais para atuar na linha de frente, adquiriu mais equipamentos de proteção individual e realizou a testagem em massa desses profissionais.

Destaque: Hospital Materno Infantil com capacidade para atender 9 mil gestantes por ano – Foto: Secom-PMS

Ainda foram distribuídos mais de 450 mil kits com produtos de higiene e limpeza e 350 mil para a população mais vulnerável. A prefeitura promoveu a desinfecção de áreas de grande circulação de pessoas, além de conceder cestas básicas e auxílio emergencial para famílias na linha de extrema pobreza.

As ações educativas fizeram parte do planejamento, com as Blitze do Bem, realizadas para conscientizar a população sobre a importância das medidas de prevenção no combate à pandemia, incluindo a distribuição de máscaras e kits de higiene.

Referência

Na área mais demandada este ano, os números chamam a atenção, além do universo da Covid-19: 176 leitos, com capacidade para atender nove mil gestantes por ano e realizar
800 partos por mês. Esses são os números do Hospital Materno Infantil, entregue durante a pandemia.

O Hospital, construído pela prefeitura da Serra, é a maior obra pública municipal do Espírito Santo, com uma área equivalente a três campos de futebol, em Colina de Laranjeiras. Mulheres e crianças da Serra, de outros municípios capixabas e até de estados vizinhos vão ser atendidos.

“É um orgulho saber que temos um hospital referência para que mães e bebês sejam atendidos com o que há de mais moderno, tanto em equipamentos quanto em
atendimento humanizado”, destacou o prefeito Audifax Barcelos.

Educação

Nos últimos quatro anos, 2.500 vagas foram abertas em novas supercreches, com capacidade para mais de 300 alunos, e em escola de ensino fundamental, na maior rede municipal de ensino do Espírito Santo.

Para crianças de até 5 anos de idade, são seis novas unidades, equipadas com salas, berçários, vestiário, cozinhas, área de lavanderia, lactário, refeitório, laboratório, pátio com playground, anfiteatro e muito mais.

Os alunos da Escola de Ensino Fundamental (EMEF) Divinópolis Pastor Oliveira de Araújo também podem estudar em um prédio novo e moderno, entregue em 2020. A unidade tem três pavimentos e quadra poliesportiva.

Mobilidade

A prefeitura deu o sinal verde para a construção da nova rotatória do Hospital Dório Silva, que vai mudar a cara da região de Laranjeiras. Conhecida como Rotatória do Ó, a via vai agilizar a vida de quatro mil motoristas que circulam por hora naquela região.

A prefeitura está investindo mais de R$ 50 milhões para construir um mergulhão com 150 metros, três faixas em sentido único para carros de passeio e duas faixas de mão e contramão exclusivas para o transporte coletivo. Várias melhorias também serão realizadas para os pedestres, incluindo calçadas, faixas e ciclovia.

Turismo: A praia de Jacaraípe recebe milhares de turistas em busca de bons mergulhos e boas ondas – Foto: Sagrilo

Turismo

As orlas de Bicanga e Balneário de Carapebus foram revitalizadas. A Avenida Beira-mar ganhou calçadão, ciclovia, pista de caminhada, além de sinalização, em uma extensão de quase 2,5 quilômetros. Os investimentos superam R$ 10 milhões e vão beneficiar mais de 15 mil moradores da região, além de turistas.
Mas nem só de orla bonita e revitalizada vive o turismo do município que tem na Serra-Sede muita história e cultura.

Para valorizar esse espaço, a prefeitura revitalizou ruas do centro da cidade,
com recapeamento, construção de calçadas cidadãs e troca de iluminação.
O projeto, inspirado em modelos de urbanização europeus, com destaque para praças, áreas de convivência, passeio, locais para exercícios e paisagismo, busca priorizar espaços de convivência e lazer. A prefeitura também projetou espaços para eventos, como as tradicionais festas do Serrano e de São Benedito.

Cuidado social

A Prefeitura da Serra repassou mais R$ 23 milhões para 20 projetos sociais de bairros, beneficiando mais de 6 mil pessoas em serviços de atendimento à criança, adolescente, idoso, pessoa com deficiência, população de rua, jovens e adultos.

O município também tem nove Cras (Centros de Referência de Assistência Social) que fazem atendimento e acompanhamento socioassistencial a famílias ou indivíduos em vulnerabilidade social.

Mais segurança

Os moradores de Serra Dourada I e II, Porto Dourado I e II e Jardim Juara agora contam com ruas e avenidas mais iluminadas, que garantem melhor visibilidade, economia de energia e, principalmente, mais segurança. Todo o sistema de iluminação pública dos bairros foi substituído por lâmpadas de Led.

As melhorias na iluminação pública foram feitas em todo o município,
que implantou mais de 385 quilômetros de rede; 5.382 postes; e 87.379 luminárias.
Na área específica de segurança, a Serra realizou diversos projetos e parcerias.
Além da Blitz do Bem, a prefeitura formou 54 novos agentes para a Guarda Municipal, comprou oito novas viaturas e coletes à prova de balas aos agentes de trânsito.


 

“A Prefeitura da Serra investe em saúde no município muito mais do que é exigido por lei” – Foto: Diogo Dassie

Audifax Barcelos

Nosso grande legado para a Serra é o título de cidade mais transparente do Brasil, segundo a CGU

Quais os principais desafios vencidos este ano pela gestão?

Tivemos três grandes desafios ao longo dos últimos oito anos, como as chuvas que caíram na Serra entre 2013 e 2014 e deixaram muitas marcas. Foram 450 milímetros de chuva. A região de Jacaraípe foi muito afetada, mas com as obras de dragagem do Rio Jacaraípe isso acabou.

A crise financeira que o país atravessa é outro desafio. Em dez anos, a Serra ganhou mais de 100 mil habitantes, mas a receita não acompanhou essa evolução. Então, tivemos que fazer mais com menos.

E, neste ano, especialmente, a pandemia do novo coronavírus foi um enorme desafio. Superamos tudo isso com um modelo de gestão pautado na transparência, no controle de gastos e no planejamento arrojado, assim, continuamos a realizar investimentos nas obras e projetos. Deixo R$ 490 milhões em caixa para o meu sucessor, sendo R$ 70 milhões livres para investir como quiser.

A pandemia forçou adiamentos de projetos. O que ficou para 2021?

Nenhuma obra foi paralisada devido à pandemia do novo coronavírus e muitas outras foram entregues, como o Hospital Materno Infantil, a Arena Jacaraípe, a Estação Cidadania-Cultura e a Estação Cidadania-Esporte.

Todas as obras que já começaram têm recurso garantido em conta para sua continuidade. Entre elas, a continuidade da rotatória do Dório Silva e obras de drenagem e pavimentação, todas já iniciadas.

O Hospital Materno Infantil foi entregue em setembro pela prefeitura. Quando será inaugurado?

O Hospital Materno Infantil, a maior obra pública municipal realizada no Estado, foi entregue pela Prefeitura da Serra em setembro já com equipamentos. Foi um investimento de R$ 100 milhões, destes R$ 60 milhões de recursos próprios e R$ 40 milhões de emendas coletivas do governo federal. Os equipamentos custaram mais R$ 10 milhões e foram doados pelo governo do Estado.

Agora, o governo do Estado vai assumir a gestão. Em conversa com a Secretaria de Estado da Saúde, em setembro, houve o compromisso de colocar o hospital para funcionar ainda este ano. E esse compromisso foi reafirmado em ligação recente com o secretário Nésio Fernandes. Acredito que a palavra será cumprida.

Em quais áreas avalia que conseguiu avançar mais?

Na saúde, conseguimos avançar muito, com a entrega das obras do Hospital Materno Infantil. É algo histórico para o Espírito Santo ter uma unidade moderna como aquela. Mas, não é só isso. Colocar em funcionamento a UPA de Castelândia é algo que me enche de orgulho. Funciona há um ano e atende cerca de 25 mil pessoas por mês. A Serra tem 527 mil habitantes e as três UPAs da cidade (além de Castelândia, temos as UPAs de Serra-Sede e Carapina) oferecem atendimento gratuito e de qualidade.

Investimos também na informatização das unidades de saúde. Os computadores já foram adquiridos e espero que a próxima administração interligue o sistema. Isso é um grande avanço. Pelo computador, o médico terá acesso a todo o histórico do paciente, o que vai agilizar o atendimento e facilitar a entrega dos remédios gratuitos.

Também avançamos em obras de infraestrutura com a entrega da rotatória de Maringá. Além de evitar acidentes e salvar vidas, a rotatória melhorou o fluxo e valorizou a área, que está atraindo mais empresas para a região.

Iniciamos as obras da rotatória do Dório Silva e os valores para continuar a construção estão garantidos (R$ 44 milhões) nos cofres da prefeitura.

Todas as nossas obras em andamento têm recurso garantido. Estou deixando documento registrado em cartório e entregando para as lideranças dos bairros, o que dará garantia da execução pela próxima administração.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Casagrande vai a Brasília pedir ajuda da Câmara para enfrentar pandemia

O governador terá encontro com o presidente da Câmara e de integrantes da empresa União Química

Pastores entregam a Lauriete sugestões para criação de projetos

O documento foi entrege pela Convenção de Pastores e Evangelistas da Assembleia de Deus do Espírito Santo

Câmara de Vitória abre debate sobre retomada do setor eventos

A Câmara de Vitória reuniu representantes do setor durante uma audiência pública junto com autoridades do Estado e Município

Banco Central aprova indicação de novo presidente do Bandes

Munir Abud assume o Bandes com o objetivo de ampliar e atualizar os produtos e serviços oferecidos para as empresas de todos os portes do Espírito Santo

Arnaldinho se aproxima de Casagrande e cola em Bolsonaro

Durante a semana, o prefeito de Vila Velha, Arnaldinho Borgo, esteve com o presidente Jair Bolsonaro e o governador do Estado, Renato Casagrande

CPI na Ales pede prisão de envolvidos em maus-tratos contra animais

Os envolvidos são responsáveis por um abrigo que funcionava em um apartamento em Vila Velha

ES Brasil Digital

ESBrasil-185
Continua após publicidade

Fique por dentro

Mais R$ 100 milhões para linha de capital de giro emergencial

A linha de crédito tem taxas a partir de 0,32% ao mês + CDI, sendo a taxa máxima de até 0,64% ao mês + CDI.

Condições de financiamento não serão restringidas prematuramente, diz BCE

A dirigente frisou a importância de fornecer apoio a pequenos negócios em meio à crise gerada pela pandemia de covid-19 Por Iander Porcella (AE) A presidente...

Com mudanças no Bradesco, áreas do Next são fatiadas

As novas áreas se somam às que já estavam sob seu escopo e que incluem relações com investidores, e corretoras, incluindo a Ágora, e...

Gasolina e diesel mais caros nas refinarias a partir desta terça-feira (1º)

O valor acumulado de aumento registrado em 2021 nas refinarias chega a 42% na gasolina e a 34% no diesel.

Vida Capixaba

Globo de Ouro: ‘Nomadland’ é o melhor filme e ‘The Crown’, a melhor série de TV

  O destaque foi o discurso da cantora Taylor Simone Ledward, viúva de Chadwick Boseman, premiado postumamente como melhor ator de drama por A Voz...

Apresentadora Flor Fernandez revela que foi estuprada aos 18 anos

Conhecida como jurada do Show de Calouros de Silvio Santos, Flor disse que o abuso sexual foi cometido por um homem que se aproveitou de seu...

Setor Multimídia da Biblioteca Pública do Espírito Santo oferece cursos gratuitos

As inscrições já estão abertas e seguem até o dia 25 de março

Expo Condomínio Completo apresenta protocolos sanitários e de biossegurança

Desde novembro de 2020, grandes eventos já vêm acontecendo no Espírito Santo
Continua após publicidade