23.2 C
Vitória
terça-feira, 25 junho, 2024

Saúde e educação lideram número de emendas à LDO

O projeto da LDO recebeu mais de 100 emendas dos deputados. O valor estimado da receita é de R$ 22,3 bilhões para 2023

Por Josué de Oliveira

As áreas de saúde e educação lideram o ranking de emendas apresentadas pelos deputados estaduais ao projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano de 2023.

- Continua após a publicidade -

As 108 emendas foram publicadas no Diário do Poder Legislativo. Dos 30 deputados, apenas sete apresentaram propostas ao orçamento.

Clique aqui e veja todas as emendas apresentadas

Os três que mais apresentaram foram Marcos Madureira (PP) com 33, Marcos Garcia (PP) com 24 e Sergio Majeski (PSDB) com 21.

Completam a lista Renzo Vasconcelos (PSC), Theodorico Ferraço (PP), Iriny Lopes (PT) e Torino Marques (PTB), respectivamente, com 10, 9, 8 e 3 emendas.

Grande parte das emendas é destinada a programas de fortalecimento da educação e da saúde públicas, voltadas para a capacitação de professores e para o reforço da atenção básica à saúde nos municípios.

Há emendas também nas áreas de infraestrutura, como melhorias nas estradas capixabas, e de assistência social, com a construção de equipamentos públicos nesse campo.

Também existem emendas de preservação do meio ambiente, combate à crise hídrica, apoio às mulheres vítimas de violência, estruturação da polícia penal capixaba e estímulo ao esporte.

De acordo com o cronograma da Comissão de Finanças, o prazo para análise das emendas no colegiado vai até o dia 4 de julho. A votação do Orçamento deve acontecer no dia 11 de julho.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA