Royalties: ES respira aliviado após garantir recursos até 2023

O Espírito Santo respira aliviado após garantir nesta terça-feira (8), na Câmara Federal, a receita anual de R$ 1,8 bilhão até 2023 com recursos dos royalties do petróleo. O valor corrigido anualmente poderá chegar a até R$ 2 bilhões.

O parecer do relator do Projeto de Lei (PL) 2565, deputado federal Carlos Zarattini (PT/SP) manteve a receita com base no faturamento de 2011, o que é bom para o Estado, no entanto, desagrada o Rio de Janeiro, os dois são os maiores produtores de petróleo do País.

O acordo foi comemorado pela bancada capixaba e agradou a maioria dos 11 membros da comissão, formada por representantes de estados produtores e não produtores. A deputada Federal Rose de Freitas (PMDB) comemorou ontem a inclusão, na minuta do relator Carlos Zarattini (PT-SP), da garantia de preservação, dos ganhos de Estados e municípios produtores de petróleo e gás na nova lei do petróleo.

“Assegurar esse patamar até 2023 é muito importante, dadas as perspectivas de queda da produção no Espírito Santo. Temos que comemorar essa nova versão do substitutivo do relator”, avaliou a deputada após a reunião do grupo, em que a maioria dos membros da bancada do Rio, outro Estado produtor, foi contrária à proposta de Zarattini.

O relator marcou uma nova reunião da comissão para daqui a 15 dias, para arrematar o assunto e tratar de alguma mudança pontual. Ele aguarda uma posição final do presidente da Câmara, Marco Maia, sobre a data de votação. “Só depois da data anunciada é que vou registrar meu relatório final, que só vai ser apresentado em plenário, onde poderá haver emendas”, informou o relator. Trabalha-se com a votação no máximo em junho.

A peemedebista disse que o acordo “foi a vitória possível”. Segundo ela, a próxima batalha será manter os contratos dos poços já licitados fora da nova partilha. Ela pontuou que se mexerem nos contratos já licitados a Presidente vetará.

O relator do projeto, Zarattini, buscará um entendimento no Senado para que a proposta da Câmara seja aprovada sem alterações.

Com informações Agência Câmara

Conteúdo Publicitário
Compartilhe

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome