23.8 C
Vitória
quarta-feira, 17 abril, 2024

FINDES/IDEIES lançam rota estratégica para a indústria

Rota Estratégica de Confecção, Têxtil e Calçados foi apresentado pela Findes, Ideies e da Câmara Setorial do Vestuário

O lançamento marca a apresentação da 5ª Rota do Plano de Desenvolvimento Estratégico da Indústria do Espírito Santo 2035 – Indústria 2035.

Estavam presentes na apresentação a presidente da Findes, Cris Samorini, o diretor geral da Federação, Roberto Campos, o economista-chefe da Federação e diretor executivo do Ideies, Marcelo Saintive, e a responsável por liderar o projeto por meio da Findes e Ideies, Silvia Varejão, e Bruno Balarini, presidente da Câmara Setorial das Indústrias do Vestuário.

- Continua após a publicidade -

Na ocasião, a presidente da Findes, Cris Samorini, destacou que o setor de Confecção, Têxtil e Calçado desempenha papel fundamental para o desenvolvimento socioeconômico do Espirito Santo. “Desde a década de 70, em que houve o fortalecimento da fabricação de artigos do vestuário no Espírito Santo, até os dias atuais é um dos principais setores da indústria em termos de geração de empregos e renda. São mais de 13 mil pessoas empregadas, que estão distribuídas em quase todos os municípios do estado”, disse Cris Samorini.

Outro ponto destacado é a importância do setor, que ficou ainda mais evidente neste ano de pandemia, em que os esforços conjuntos se mostraram essenciais para o enfrentamento da Covid-19. As indústrias capixabas responderam prontamente às demandas de fabricação de máscaras faciais e outros equipamentos de proteção individual necessários para conter o vírus.

Algumas das ações propostas neste documento foram elaboradas para atender a esse novo cenário de mudanças no processo produtivo e de consumo, e tem como finalidade agir, especialmente no curto prazo, em resposta aos impactos causados pela crise da covid-19.

A Rota traçou os caminhos que o setor de Confecção, Têxtil e Calçado deverá percorrer nos próximos anos para se desenvolver em toda a sua potencialidade. Esse caminho está representado no roadmap com as ações de curto, médio e longo prazo a serem desenvolvidas. Esta iniciativa está alicerçada nos Setores Portadores de Futuro para o Estado do Espírito Santo, nos quais o setor de Confecção, Têxtil e Calçado foi identificado como um dos 17 setores que tem uma maior propensão de impulsionar a economia capixaba.

Essa escolha foi realizada devido ao seu potencial como pilar de desenvolvimento, destacando-se na geração de empregos e de riqueza para o estado. São 271 ações curto, médio e longo prazo, e algumas ações de curto prazo se mostram ainda mais essenciais neste período de crise econômica e pandemia. Os resultados provenientes da inteligência coletiva, contou com a contribuição de 84 especialistas do setor produtivo, do governo, da academia e da sociedade.

“A Rota Estratégica de Confecção, Têxtil e Calçado reúne as principais ações necessárias para o desenvolvimento do setor no Espírito Santo. Esse setor é fundamental para a economia capixaba: desempenha papel central tanto no aspecto econômico quanto no social. Um exemplo foi a atuação das indústrias capixabas na pandemia, com o fornecimento de itens necessários como máscaras e outros equipamentos de proteção individual. Assim, esse planejamento estratégico, resultado do processo de inteligência coletiva, contribuirá ainda mais para o desenvolvimento socioeconômico do Espírito Santo”, disse Marcelo Saintive.

As cinco Rotas lançadas foram: Rota Estratégica Agroalimentar; Rota Estratégica do Setor de Petróleo e Gás Natural; Rota Estratégica de Biotecnologia; Rota Estratégica do Café e Rota Estratégica de Confecção, Têxtil e Calçados.

Indústria 2035

O Indústria 2035 é um importante projeto para a promoção da competitividade no estado do Espírito Santo, colocando-o em patamar de destaque em âmbito nacional e internacional.
Para tanto, houve a construção de uma agenda estratégica de desenvolvimento sustentável da indústria capixaba, considerando o horizonte 2035, à luz de suas potencialidades, visando sua prosperidade, seu crescimento e maior presença nas cadeias produtivas nacionais e globais. Concomitante a essa iniciativa, serão estruturadas e automatizadas informações sobre o setor industrial capixaba, em um ambiente integrado e de fácil manipulação, para pautar o processo de decisão dos empresários e diversos outros atores da sociedade.

Parceria para realização da indústria 2035

No intuito de fomentar o desenvolvimento do Indústria 2035, a Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes), por meio do Instituto de Desenvolvimento Educacional e Industrial do Espírito Santo (Ideies), em conjunto com o Serviço Social da Indústria (Sesi) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), firmou uma parceria com o Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Sistema Fiep), por meio do Observatório Sistema Fiep – dada a notoriedade deste no desenvolvimento de estudos de futuro desde 2004 –, para a elaboração de dois projetos de prospectiva estratégica: os Setores Portadores de Futuro para o Estado do Espírito Santo 2035 e as Rotas Estratégicas para o Futuro da Indústria do Espírito Santo 2035.

Reflexão prospectiva em prol da indústria e da sociedade

Elaborado no ano de 2018, o projeto Setores Portadores de Futuro para o Estado do Espírito Santo foi desenvolvido a partir de uma reflexão prospectiva para a identificação de setores, segmentos e áreas que serão indutores de desenvolvimento do estado, posicionando-o em um patamar de competitividade no âmbito nacional e internacional no horizonte de 2035. Nesse exercício coletivo, foram reunidos 179 especialistas da indústria, da academia, do terceiro setor e do governo, no qual foram instigados a elencar setores, segmentos e áreas portadores de futuro para o estado. Esses foram organizados em três agrupamentos: emergentes, estruturais e transversais. O resultado compreendeu 17 setores, segmentos e áreas indutores de desenvolvimento para o estado do Espírito Santo. Na ocasião também foram relacionadas 7 especificidades regionais, designadas em razão do seu potencial no desenvolvimento local em algumas regi

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA