26.9 C
Vitória
sábado, 25 setembro, 2021

Robson Conceição perde luta de título mundial nos EUA

Por unanimidade, juízes deram a vitória ao mexicano Oscar Valdez, que mantém o cinturão do Conselho Mundial. Resultado deixou Robson Conceição inconformado

Por Wilson Baldini Jr. (Agência Estado)

Em decisão polêmica, Robson Conceição perdeu na madrugada de sábado, em Tucson, nos Estados Unidos, a disputa do título mundial dos superpenas, versão Conselho Mundial de Boxe (CMB) para o mexicano Oscar Valdez, por pontos, após 12 assaltos.

Apesar de boa parte da imprensa internacional apontar o brasileiro como o vencedor do duelo, os três jurados foram unânimes em apontar o campeão como o vencedor: 117 a 110 e 115 a 112 (duas vezes). Com isso, Robson Conceição perdeu a invencibilidade na carreira profissional, que soma 16 vitórias (oito nocautes) e uma derrota. Valdez se mantém invicto, agora com 30 vitórias, sendo 23 por nocaute.

Medalhista de ouro na Olimpíada do Rio, em 2016, Robson Conceição começou muito bem a luta, com total domínio da distância, além de contar com os reflexos para abusar das esquivas. Valdez, que foi flagrado por uma substância proibida, mas acabou autorizado a lutar – pois o medicamento pode ser usado durante o período de treinamentos -, não repetiu as atuações que o colocam como um dos maiores boxeadores da atualidade.

Robson dominou claramente os cinco primeiros assaltos, ocasionando um corte abaixo do olho esquerdo de Valdez, que, por sua vez, demonstrou não estar preparado fisicamente. Desesperado, o mexicano partiu para o ataque em busca de um golpe salvador, o que não ocorreu nos 12 assaltos disputados.

Ao final da luta, o brasileiro chegou a festejar a conquista do título antecipadamente, mas o resultado favorável acabou sendo para o mexicano. Revoltado, Robson se dirigiu até próximo da onde estava sentado Bob Arum, dono da empresa Top Rank, que cuida da carreira dos dois boxeadores, exigindo uma revanche.

“Ele correu muito, evitou a troca de golpes, mas eu venci a luta”, disse Valdez, com o rosto bastante inchado. “Até jornalistas mexicanos vieram me dizer que a vitória foi minha”, rebateu Robson, com um sorriso irônico.

Horas depois da luta, o brasileiro postou vídeo em suas redes sociais, em que voltou a contestar o resultado da luta. “A vitória foi nossa, com certeza. Só não estamos levando o cinturão. Eu estou pronto para outra luta”, disse Robson, com o sorriso no rosto quase sem marcas. “Este aqui é o novo campeão. O mundo viu. Olha como ele está e olha o adversário. Vencemos, hein? Vencemos”, afirmou o técnico Luiz Dórea.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade