26.9 C
Vitória
domingo, 24 outubro, 2021

Risco de chuvas extremamente volumosas no ES

No dia em que se inicia a primavera (22), o INMET emitiu alerta de perigo para chuvas fortes no ES da divisa com o RJ até a bacia do Rio Doce até amanhã. Previsão é de possibilidade de chuvas muito volumosas nas regiões Sul e Serrana do Espirito Santo, além da Grande Vitória.

A junção da umidade presente com o forte cavado (área de baixa pressão alongada) que se aproxima hoje, poderá trazer a chuva volumosa.

A chuva forte deve começar no fim do dia de hoje, 22/09 e se estender ao longo da quarta, podendo gerar acumulados entre 150mm e 200mm, sendo que nas projeções mais agressivas, até a manhã de quinta feira, o volume total pode se aproximar dos 300mm.

Confira o aviso do INMET na íntegra

Explicativo sobre o tipo do Aviso

Aviso Especial – As condições de tempo são muito favoráveis para ocorrência de um fenômeno meteorológico adverso dentro das próximas 24 horas. Continue atento sobre as atualizações da previsão do tempo já que o risco é alto para ocorrência de tempo severo que possam provocar danos e acidentes. Siga as recomendações da Defesa Civil e demais autoridades competentes, e esteja preparado para medidas de emergência com a maior segurança possível.

Atualização: Entre esta terça-feira (22/09) e a quarta-feira (23/09) na área demarcada no mapa, haverá condições favoráveis para volumes de chuva expressivos. Entre o sul do RJ e o Litoral Norte Paulista a chuva permanecerá constante com potencial para incrementar os acumulados já registrados. Entre o centro-norte do RJ , ES e áreas de MG a chuva deverá se intensificar, principalmente, a partir da noite de hoje desta terça-feira (22).

Primavera com La Niña

De acordo com informações do Climatempo, desde o começo de setembro de 2020, as águas do oceano Pacífico Equatorial Leste estão com temperatura abaixo da média. É este resfriamento que caracteriza o fenômeno oceânico-atmosférico La Niña que, como o El Niño (aquecimento acima do normal do Pacífico Equatorial Leste), modifica o padrão de chuva e de temperatura em diversas regiões do planeta.

No Brasil, os efeitos climáticos mais característicos por causa da La Niña é são o aumento da chuva sobre o Nordeste e a diminuição da chuva sobre a Região Sul.
A La Niña também facilita a formação dos canais de umidade do Norte para o Centro-Oeste e Sudeste do Brasil, o que resulta em formação de áreas de instabilidade mais frequentes sobre estas Regiões.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade