24.9 C
Vitória
quarta-feira, 10 agosto, 2022

Relator de denúncia contra Temer deve ler parecer nesta terça (10)

Deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) fala à imprensa
Deputado Bonifácio de Andrada, relator da denúncia contra Temer. Foto: Valter Campanato/ Agência Brasil

Esta é a segunda denúncia contra Temer que vai à votação na Câmara. Plenário decide se STF investigará a acusação.

O relator da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer deve ler o parecer na tarde desta terça-feira (10). O deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) apresenta a relatoria à tarde na Comissão de Constituição e de Justiça (CCJ).

Além do presidente, a denúncia se estende aos ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral). A CCJ se reúne na manhã desta terça-feira para deliberar a pauta sobre as questões de Ordem relacionadas à tramitação da denúncia. As informações são da Agência Brasil.

O relator Bonifácio de Andrada reclamado do pouco tempo que dispõe para analisar as mais de mil páginas da peça acusatória. O material foi elaborado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e também pelas defesas dos acusados.

Denúncia contra Temer

A denúncia acusa o presidente Temer e os ministros de organização criminosa. O presidente também foi denunciado por obstrução de Justiça.

O presidente da CCJ afirmou que, após a leitura da peça, concederá vista coletiva do relatório por duas sessões plenárias. A discussão e votação do parecer de Andrada na comissão deverá começar na terça-feira (17). Depois do relator apresentar sua análise, os advogados dos acusados poderão se manifestar oralmente.

A decisão final será tomada em votação no plenário da Casa. Para que a Câmara autorize o Supremo Tribunal Federal (STF) a iniciar as investigações, são necessários 342 votos favoráveis dos deputados.

Dança das cadeiras45

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) registrou uma alta rotatividade entre os membros nos últimos meses. Desde o recebimento da primeira denúncia contra Temer, em junho, foram 59 trocas de deputados na CCJ.

A estratégia do Palácio do Planalto é garantir votos a favor de Temer na comissão. O colegiado é responsável por elaborar parecer favorável ou contrário ao prosseguimento da denúncia ao STF.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade