25 C
Vitória
quinta-feira, 28 maio, 2020

Rede de solidariedade para superar crise provocada pela pandemia

Leia Também

Bolsonaro sanciona socorro a Estados e municípios e veta reajuste a servidores

O presidente vetou, entre outros artigos, o que blindava categorias do funcionalismo público do congelamento de reajustes salariais até o fim de 2021.

Mais de 11 mil casos confirmados do novo coronavírus no ES

Segundo o “Painel Covid”, administrado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), destes 6.334 já estão curados.

Golden Tulip Porto Vitória inaugura espaço exclusivo para lives

O objetivo é disponibilizar infraestrutura tecnológica de ponta para encontros virtuais, como shows e transmissões corporativas, além de ensaios de grupos musicais. 

“Blitz do Bem” entrega kits de limpeza e máscaras, na Serra

Nesta quarta-feira (27), uma equipe do Departamento de Operações de Trânsito (DOT), em parceria com a Guarda Civil Municipal e a Secretaria de Saúde do município, distribuiu kits de limpeza e máscaras de proteção.

Com o objetivo de contribuir com toda a cadeia econômica do Estado, a Associação Capixaba de Tecnologia (ACT!ON) lança a campanha Solidariedade Empresarial

Os mais variados seguimentos que constituem a cadeia de negócios capixaba estão interligados como uma grande corrente e cada empresas representa um elo. Para enfrentar os desafios da atual crise, a Associação Capixaba de Tecnologia (ACT!ON) acredita que é fundamental preservar todos eles.

Com o objetivo de contribuir com toda a cadeia da economia do Estado, a ACT!ON lançou a campanha Solidariedade Empresarial, cujo intuito é sensibilizar os empresários e motivar as corporações a manter as relações entre as grandes, médias e pequenas empresas; fornecedores, empreendedores e colaboradores.

O movimento representa uma série de ações que visam compartilhar a esperança de que, juntos, é possível superar o desafio. São ações que buscam a união empresarial, a solidariedade e informações capazes de orientar as empresas neste momento tão complexo.

Para o diretor-presidente da entidade, Emílio Augusto Barbosa, é preciso entender o cenário e ter a clareza de que um rompimento abrupto da corrente de relações comerciais pode dificultar a superação da crise atual.

“Momentos excepcionais pedem ações, comportamentos e medidas excepcionais. Precisamos trabalhar para garantir que toda a cadeia de negócios, já estruturada, seja preservada. Será mais difícil se reerguer se algum elo dessa grande corrente de negócios se romper”, disse Barbosa.

Ele destaca, ainda, a dificuldade de se encontrar fornecedores no mercado que entendam as especificidades de determinados negócios. “Imaginem como será difícil, daqui a três, quatro meses, quando esse momento difícil passar, se esse fornecedor, que geralmente também é um grande parceiro comercial, não estiver presente do outro lado da crise. Teremos que recomeçar o processo de construção de relacionamentos comerciais do início e isso tornará a retomada da normalidade muito mais complicada. Precisamos ser solidários neste momento e manter essa corrente completa. Porém, será necessário fazer concessões para sustentar, suportar e manter todos os elos. Mas, acredite, amanhã estaremos mais fortes!”, destaca o diretor-presidente.

selo
O selo desenvolvido para a campanha visa a estimular as empresas se ajudarem. – Foto: Divulgação

Ações

Em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Educacional e Industrial do Espírito Santo (Ideies), irá realizar uma pesquisa sobre os efeitos da crise nas empresas do nosso setor. A ideia da pesquisa é obter informações e identificar cenários para contribuir com as estratégias das empresas para se manterem e retornarem à normalidade mais rapidamente.

Outra ação importante é o Tira Dúvidas ACT!ON que, por meio de teleconferência, disponibiliza especialistas que orientam e tiram dúvidas sobre os impactos da pandemia no mercado. As conferências, após a live realizada na mídia social, ficam disponíveis no portal www.action.org.es na ACT!ON-TV.

Primeiras orientações

Neste momento, o mais importante é se apropriar de todas as informações necessárias para a tomada de qualquer decisão. Segundo a entidade, são Medidas Provisórias, Decretos, Instruções Normativas e notícias que podem ou não influenciar os negócios e decisões. Possibilidades que, se aplicadas, podem gerar consequências e responsabilidades futuras. Nesse sentido, a ACT!ON procura prover informações estruturadas, de fonte confiável, para que cada empresário possa se informar e basear suas decisões com maior segurança.

Outra orientação importante é sobre a avaliação do clima dos seus colaboradores. Um momento como esse resultará em muita insegurança, incerteza com relação ao futuro, angústia e desânimo. Isso tudo pode, também, afetar a produtividade e a qualidade dos trabalhos e serviços.

O caminho é buscar uma comunicação permanente e transparente com a equipe. Ações de mobilização, engajamento, motivacionais também são importantes. E manter o equilíbrio é outra orientação importante. A instituição lembra que o Estado do Espírito Santo tem uma economia forte e diversificada, composta por vários segmentos e que podem construir, juntos, uma saída para esse momento e chegarem do outro lado da crise mais fortes.

Luz no fim do túnel

Apesar do Fundo Monetário Internacional (FMI) prever uma recessão mundial para 2020 e a Organização das Nações Unidas (ONU) estimar um possível déficit de até US $ 2 trilhões na renda global, dada a paralisação de várias economias, vários analistas estão prevendo uma recuperação já se iniciando no terceiro trimestre de 2020.

Emílio Barbosa reforça que o Brasil já superou outras crises e o Espírito Santo tem uma posição privilegiada por sua economia diversificada. “Nós da ACT!ON temos a convicção que vamos superar esse desafio, mas para isso é preciso que todos façam a sua parte. A nossa proposta é que todas as empresas, não só as do setor de tecnologia, tomem suas decisões com o espírito da solidariedade empresarial, pensando também nos elos da corrente para que todos possamos ficarmos juntos, agora e depois da crise”, finaliza.

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

esbrasil_176
Continua após publicidade

Fique por dentro

Pesquisa revela que o empresas capixabas de TI apostam na superação da crise causada pela pandemia

O foco foi identificar as principais dificuldades, sugestões e expectativas diante os desafios que a pandemia, provocada pela Covid-19, impôs ao mercado de tecnologia do Espírito Santo.

Marcos Troyjo é eleito presidente do Banco do Brics

Troyjo sucederá o indiano Kundapur Vaman Kamath, primeiro a comandar o NDB, criado na reunião de cúpula do Brics de Fortaleza, em 2014

Aneel tenta reduzir reajustes tarifários para ex-distribuidoras da Eletrobras

Os contratos de concessão dessas distribuidoras, que foram vendidas em leilões realizados há dois anos, previa a possibilidade de que os novos operadores pedissem Revisão Tarifária Extraordinária (RTE) para reconhecer os investimentos realizados na área de atuação das empresas

Com crise, mercado financeiro projeta rombo fiscal recorde este ano

Dados divulgados nesta segunda-feira, 25, pelo Banco Central mostram que a expectativa de déficit primário do setor público para o ano subiu de 7,80% para 8,00% do Produto Interno Bruto (PIB).

Vida Capixaba

Golden Tulip Porto Vitória inaugura espaço exclusivo para lives

O objetivo é disponibilizar infraestrutura tecnológica de ponta para encontros virtuais, como shows e transmissões corporativas, além de ensaios de grupos musicais. 

“Blitz do Bem” entrega kits de limpeza e máscaras, na Serra

Nesta quarta-feira (27), uma equipe do Departamento de Operações de Trânsito (DOT), em parceria com a Guarda Civil Municipal e a Secretaria de Saúde do município, distribuiu kits de limpeza e máscaras de proteção.

Observatório online ajuda a fortalecer a gastronomia regional

Com coordenação e execução da instituição, o Observatório busca realizar ações de pesquisa e de documentação sobre as cadeias produtivas, os sistemas alimentares, e demais temas referentes à culinária.

Robô virtual de Vila Velha oferta cursos gratuitos pelo Whatsapp

O primeiro curso divulgado é o “Empreenda Vila Velha Digital”, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Semdec).
Continua após publicidade