26.9 C
Vitória
sábado, 25 setembro, 2021

Rigoni protocola projetos para educação durante pandemia

Os projetos de autoria do deputado federal Felipe Rigoni tratam sobre suspensão de cobrança do Fies e recursos para famílias de alunos

Em tempo de enfrentamento ao novo coronavírus (Sars-Cov-2), o deputado federal Felipe Rigoni (PSB) protocolou, nessa quinta-feira (26), dois projetos na Câmara dos Deputados. Os textos tratam sobre o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e a transferência de recursos da educação para familiares de alunos da rede pública.

Os dois projetos foram apresentados em parceria com a deputada Tabata Amaral (PDT). O primeiro prevê a suspensão de prazos e obrigações financeiras dos estudantes beneficiários do Fies enquanto durar o período de calamidade pública, sem cobrança de multas ou juros no período. A medida emergencial e temporária busca amenizar o peso das parcelas nos orçamentos familiares, segundo o parlamentar capixaba.

O segundo propõe que parte dos recursos da educação, como Fundeb, PNAE e PNATE – destinados à educação básica, à alimentação escolar e ao transporte escolar, respectivamente – seja transferido às famílias de alunos durante o período de suspensão das aulas em decorrência de situação de emergência ou calamidade pública.

“O isolamento social é a melhor alternativa para a contenção da doença, mas resulta no fechamento de escolas. Para diversas famílias, já impactadas pela crise, a falta da merenda tem sido um problema. A possibilidade de distribuir não apenas alimentos, mas também recursos para as famílias, garante alimentação de qualidade para a população”, argumenta.

Na sessão dessa quinta-feira (26), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Mais (Democratas) elogiou e agradeceu aos deputados autores dos projetos pelo empenho na construção do texto.

 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade