Programa de sucessão familiar é lançado nesta quinta (17)

Foto: Luciana Nunes / Next Editorial

O Programa Próxima Geração abre portas para o processo de sucessão familiar, contribuindo para o desenvolvimento pessoal e profissional dos jovens herdeiros

Buscando auxiliar o processo de sucessão familiar, contribuindo para o desenvolvimento pessoal e profissional dos jovens herdeiros, foi lançado, nesta quinta-feira (17), o Programa Próxima Geração (PPG).

O evento, realizado no auditório da Rede Gazeta, teve como objetivo falar sobre a longevidade das empresas familiares e os desafios que os sucedidos (pessoas que assumem cargos de gestão na empresa familiar) terão para continuar o legado de seus sucessores.

A consultora, mestre em Administração com Ênfase em Gestão de Pessoas, sócia da Vixpartner, Danielle Quintanilha, ministrou a palestra de abertura do lançamento do Programa Próxima Geração. – Foto: Luciana Nunes / Next Editorial

Segundo a consultora, mestre em Administração com Ênfase em Gestão de Pessoas, sócia da Vixpartner e especialista em Sucessão em Empresas Familiares, Danielle Quintanilha Merhi, o processo sucessório precisa ser feito das duas partes.

“É importante mencionar que estamos no mês internacional das empresas familiares, por isso estamos compartilhando experiências e falamos sobre os desafios das empresas familiares e como os herdeiros levarão os negócios que receberão adiante”, destacou Danielle.

Case de sucesso

Durante o evento, foram apresentados cases de sucesso. Entre eles, o do sócio fundador da Fundação Dom Cabral, Mozart Pereira dos Santos, que falou sobre a experiência de um sucedido em uma empresa.

Além disso, a Águia Branca também marcou presença. A empresa passa, no momento, pela terceira geração na administração da empresa. Segundo o diretor institucional do Grupo Água Branca, Luiz Wagner Chieppe, é uma grande responsabilidade participar de um debate como esse.

O diretor institucional do Grupo Água Branca, Luiz Wagner Chieppe, explicou como a Águia Branca pode contribuir no Programa Próxima Geração. – Foto: Luciana Nunes / Next Editorial

“Nós temos nos nossos valores não só trabalhar internamente, mas construir uma sociedade. O que nos motiva também são as evoluções das empresas. Nós podemos dividir um pouco do que fazemos e, ao mesmo tempo que fazemos isso também estamos aprendendo, estamos passando experiência, soluções que já resolvemos para ajudar. O crescimento das partes, gera um aumento do todo. Quando estamos socializando uma experiência estamos melhorando a economia do Espírito Santo”, afirmou o diretor.

Programa

O PPG, que terá duração de 12 meses, com início previsto em janeiro de 2020. De acordo com Danielle Quintanilha, durante o programa, os herdeiros terão a oportunidade de aprimorar a capacidade de adaptação aos ambientes corporativos, que, nos dias de hoje, estão em constante mudança, além de atualizar o conhecimento técnico e comportamental.

“Ao longo do programa serão dados feedbacks sistemáticos do gestor que os acompanhará. Além disso, os sucessores serão orientados quanto a outros aspectos considerados relevantes, como visão do negócio, proatividade e comprometimento com os resultados”, frisou ela.

A engenheira metalúrgica Elisa Gratz Pereira está participando do Programa Próxima Geração e se mostrou confiante. – Foto: Luciana Nunes / Next Editorial

Elisa Gratz Pereira acabou de se formar em Engenharia Metalúrgica, estagiou em uma empresa conceituada e agora está se aperfeiçoando para logo assumir a gestão da empresa de sua família. Segundo ela, a responsabilidade é bem grande.

“Esse programa é importante para nós, principalmente quando não temos ideia de qual cargo devemos assumir. Passarei por um processo de definição de perfil. Assim, serão destacados meus pontos fortes e fracos. Ainda não trabalhei efetivamente na empresa da minha família, mas em um mês em que trabalhei lá nas férias percebi que tenho muito a melhorar e estou aqui para isso”, finalizou Elisa.

Leia Também:
Conteúdo Publicitário