23.9 C
Vitória
quarta-feira, 20 janeiro, 2021

Agricultores da Serra apostam na produção de cacau

A atividade está sendo fomentada pelo poder público

Agricultores da Serra estão apostando na produção do cacau como uma oportunidade de renda e de incrementar o agroturismo do município. Eles concluíram uma série de treinamentos relacionados à indústria do cacau com uma visita técnica, quando puderam conferir de perto todo o processo de transformação da semente em barras de chocolate.

Na Serra, já são 13 hectares de plantação do fruto espalhados em áreas do cinturão verde de Barcelona, do Mestre Álvaro e ainda em Chapada Grade, sendo que nessa última a plantação é feita de forma consorciada com seringueiras. A grande promessa do setor é a produção de chocolate, já em fase de testes, por um dos produtores do município.

A aula de campo foi em uma agroindústria de Anchieta, onde seis mil pés de cacau estão plantados. O fruto passa pela secagem e é transformado em um dos doces preferidos dos brasileiros. O lucro por barra chega a 70% comparado aos custos da produção.

E está enganado quem acha que o mercado já tem muitas marcas de chocolate e sem espaço para novos negócios. O produtor de Anchieta contou que são feitas 360 barrinhas de 20 gramas por dia na agroindústria, todas absorvidas pelo comércio local. Segundo ele, para vender para outras cidades, seria necessário aumentar a produção diária, pois o chocolate artesanal é um nicho importante de mercado.

Investimento

As capacitações começaram em 2016 com orientações sobre a formação da lavoura do cacau. De lá pra cá, já aconteceu curso sobre poda e produção do fruto. Os produtores ainda aprenderam sobre a técnica de enxertia, que diminui os custos de produção da cultura.

Uma muda de cacau custa, em média, R$ 5,00 e demora até seis anos para começar a produzir. Já o pé enxertado produz no segundo ano plantado, assim, o produtor tem menos gastos com a lavoura. Os treinamentos foram ministrados pela Secretaria de Agricultura, Agroturismo, Aquicultura e Pesca (Seap) em parceria com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper).

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Produção agropecuária de 2020 alcança R$ 871 bilhões

as variáveis determinantes para os resultados estão relacionadas aos preços dos produtos no mercado interno

Balança comercial do agronegócio soma US$ 100,81 bilhões em 2020

esses setores foram responsáveis por 80% das exportações do agronegócio em 2020, contra os 78,9% de participação registrados em 2019

Conab estima colheita de 264,8 milhões de toneladas de grãos

A Conab ressalta que, neste quarto levantamento, houve uma revisão da periodicidade e metodologia do quadro de oferta e demanda de arroz

Crédito rural sobe 18% em relação ao último semestre de 2019

Em relação às contratações de custeio, os pequenos produtores responderam por R$ 10,3 bilhões e os médios produtores, R$ 15 bilhões

Agronegócio: setor obteve um bom desempenho em 2020

O agro contribuiu significativamente para a retomada da economia

Criação no fundo de investimento do setor agropecuário

A proposta prevê que os rendimentos e ganhos de capital recebidos pelos Fiagro estarão sujeitos à incidência do imposto sobre a renda na fonte

ES Brasil Digital

ESBrasil-184 - Retrospectiva
Continua após publicidade

Fique por dentro

Produção agropecuária de 2020 alcança R$ 871 bilhões

as variáveis determinantes para os resultados estão relacionadas aos preços dos produtos no mercado interno

Balança comercial do agronegócio soma US$ 100,81 bilhões em 2020

esses setores foram responsáveis por 80% das exportações do agronegócio em 2020, contra os 78,9% de participação registrados em 2019

Conab estima colheita de 264,8 milhões de toneladas de grãos

A Conab ressalta que, neste quarto levantamento, houve uma revisão da periodicidade e metodologia do quadro de oferta e demanda de arroz

2ª onda não tem mesmas consequências econômicas da 1ª

Bruno Serra afirmou também que a instituição precisou adotar um grau de estímulo monetário "forte" no Brasil

Vida Capixaba

prêmio de fotografia ‘As belezas que Anchieta viu’

O Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) divulgou, nesta terça-feira (19), o resultado do prêmio de fotografia “As belezas que Anchieta viu”

Novas espécies de insetos são descobertas no Espírito Santo

Oito novas espécies de insetos foram descobertas na região norte do Espírito Santo

Festival verão sem aglomeração

O Festival de Verão sem Aglomeração acontece de 18 a 23 de janeiro

Vai um queijinho aí?

O município de Ibitirama ganhou sua primeira agroindústria, o negócio é uma queijaria e foi o primeiro estabelecimento de 2021
Continua após publicidade