26.9 C
Vitória
domingo, 24 outubro, 2021

Preocupada com escassez hídrica, Arcelor inaugura planta de dessalinização

Resultado de investimentos da ordem de R$50 milhões, ArcelorMittal Tubarão inaugurou a primeira planta de dessalinização da água do mar do país

por Samantha Dias

A ArcelorMittal Tubarão inaugurou a primeira planta de dessalinização da água do mar do país, com capacidade de dessalinizar 500 m³/h e, assim, diminuir sua dependência de captação de água doce do Rio Santa Maria da Vitória. Atualmente, a siderúrgica consome 1.800 m³/h de água do rio e, com a planta de dessalinização, a ideia é depender menos desse volume, que poderá, então, ser disponibilizado para a sociedade.

Vale destacar que a água tratada será usada exclusivamente para fins industriais, substituindo 500 m³/h provenientes do rio, ou seja, do rio haverá captação de 1.300 m³/h.

De acordo com o CEO da ArcelorMittal Brasil, Benjamim Baptista Filho, desde 2014, diante da crise hídrica no país naquele ano e com previsão de outros períodos de escassez, a empresa pesquisa e investe em estratégias e alternativas para suprir a necessidade do abastecimento de água doce. Diferentes iniciativas foram implantadas nos últimos anos com a participação dos funcionários para evitar o desperdício e economizar água.

Erick Torres, vice-presidente de Operações de Aços Planos ArcelorMittal Brasil, explicou que a planta poderá trabalhar com a capacidade máxima de 500 m³/h e que o nível de produção vai depender das condições hídricas, ou seja, se o nível de água estiver alto no rio, a planta de dessalinização poderá trabalhar com menos volume.

Impactos ambientais

Jorge Oliveira, executivo que assumirá como CEO Aços Planos América do Sul, a partir de outubro, explicou que o processo não tem impactos ambientais e que a salmoura (solução de sal proveniente da dessalinização) será devolvida ao mar. Mas, segundo os representantes da Arcelor, a salmoura acrescentará cerca de 1% de sal apenas ao que já é devolvido atualmente, ou seja, não terá acréscimo significativo. Atualmente, a siderúrgica faz captação de água do mar para refrigeração dos equipamentos de produção de aço.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade