23.3 C
Vitória
domingo, 14 DE julho DE 2024

Polo de Agricultura Irrigada do Estado deve dobrar de tamanho em 10 anos

Obstáculos energéticos e hídricos precisam ser vencidos para que crescimento ocorra 

Por Kikina Sessa

Este é o primeiro ano em que se comemora no Brasil o Dia Nacional da Agricultura Irrigada, celebrado em 15 de junho. A data ganhou reforço também no Espírito Santo, com lei própria estadual, e com a instituição do Polo de Agricultura Irrigada do Norte Capixaba.

- Continua após a publicidade -

O polo, instituído por meio de portaria do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional/Secretaria Nacional de Segurança Hídrica publicada no final de 2023, foi o 11° do país e passa a fazer parte das ações para a implementação da Política Nacional de Irrigação. Com esse reforço, a estimativa é de que o potencial capixaba de área irrigada, que hoje é de 260 mil hectares, dobre de tamanho em 10 anos.

São 32 municípios integrantes, sendo que 31 deles estão na área de abrangência da Sudene. A região concentra 80% de toda a irrigação instalada no Espírito Santo e responde por grande parcela do PIB agrícola capixaba, além de apresentar potencial de crescimento, tendo como principais cultivos o café conilon e a fruticultura (destaque para o mamão).

A criação do Polo de Agricultura Irrigada do Norte Capixaba foi uma demanda da Associação dos Irrigantes do Estado do Espírito Santo (Assipes), fundada em 1986, e sediada no município de Pinheiros. O pleito contou com apoio e articulação dos deputados estaduais Mazinho dos Anjos e Lucas Scaramussa.

De acordo com o presidente da Assipes, Thiago Orletti, nestes primeiros seis meses de instalação do polo estão sendo definidos os cinco projetos que farão parte das ações do Ministério do Desenvolvimento Regional buscando resolver problemas enfrentados pelos produtores, como os gargalos energéticos e hídricos.

“A gente sabe que o Espírito Santo tem uma sazonalidade de chuvas, período com muita chuva e outro com estiagem. O Estado bem preparado consegue reservar as águas de chuva para passar o período de estiagem com água para irrigação. Isso se dá através da estruturação de projetos de barramentos, grandes, médios e pequenos”, disse Orletti.

Outra pauta defendida é que toda a irrigação no Espírito Santo seja outorgada. “É obrigatório que todos os produtores estejam outorgados e que seus volumes estejam corretos”, reforça Orletti.

No momento, a associação tenta reverter a exclusão do desconto rural irrigante na conta de energia, cortado há 2 anos. Antes, todo irrigante outorgado e cadastrado na Aneel e EDP que fazia uso da energia de 21h30 às 6h tinha desconto na tarifa. Uma pequena mudança no texto da concessão do benefício, onde lia-se desconto na abrangência da Sudene passou a ser desconto no polígono da seca, deixando o Espírito Santo de fora e onerando os custos da produção.

O conilon é um produto de valor agregado alto, especialmente agora, com a saca a R$ 1.200. “Irrigar uma área de 100 hectares de café conilon é diferente de irrigar uma área de 100 hectares de soja, que tem baixo valor agregado. A importância dessa irrigação no Espírito Santo é muito grande, tanto no cenário Estadual, quanto no nacional”, defende o presidente da Assipes.

Polo de Agricultura Irrigada do Estado deve dobrar de tamanho em 10 anos
Deputado Mazinho dos Anjos com o secretário nacional de Irrigação, Giuseppe Vieira, em uma das reuniões sobre o polo – Foto: Divulgação

O deputado estadual Mazinho dos Anjos, que esteve em Brasília nesta semana participando de comemorações do Dia Nacional da Agricultura Irrigada, comenta que “mais de 1 milhão de pessoas moram nessa região e, de uma forma ou outra, serão beneficiadas pelo polo, pois a predominância da economia é de agricultura, que poderá se desenvolver e gerar mais emprego e renda. O polo vai beneficiar a todos, desde os grandes empresários do agro até a agricultura familiar, pois todos coexistem de forma harmônica”.

 

Municípios membros do Polo de Agricultura Irrigada do Norte Capixaba

Águia Branca, Água Doce do Norte, Alto Rio Novo, Aracruz, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Colatina, Conceição da Barra, Ecoporanga, Governador Lindenberg, Itaguaçu, Itarana, Jaguaré, Linhares, Mantenópolis, Marilândia, Montanha, Mucurici, Nova Venécia, Pancas, Pedro Canário, Pinheiros, Ponto Belo, Rio Bananal, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São Mateus, Sooretama, Vila Pavão, além de Vila Valério e São Roque do Canaã.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA