25.6 C
Vitória
sexta-feira, 14 agosto, 2020

PIS: trabalhadores nascidos em março e abril já podem sacar abono

Leia Também

Planos de saúde vão cobrir exames para detecção do novo coronavírus

Os exames poderão ser feitos nos pacientes com síndrome gripal ou síndrome respiratória aguda grave (SRAG)

Virou lei: Síndicos terão que enviar denúncias de agressões às autoridades

Mais um passo importante no enfrentamento à violência contra os mais vulneráveis na Capital. A lei nº 9.653/2020, de autoria do vereador Wanderson Marinho (PSC), ...

Indicador mostra inflação mais alta para famílias de renda menor

O Indicador de Inflação por Faixa de Renda referente a julho, divulgado hoje (14) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), revela expansão da...

Os pagamentos tiveram início em julho de 2017, com os trabalhadores nascidos neste mês

Os trabalhadores nascidos nos meses de março e abril poderão realizar os saques do abono salarial do PIS (Programa de Integração Social) do calendário 2017/2018, referente ao ano-base 2016, a partir desta quinta-feira (22), conforme divulgado pela Caixa Econômica Federal.

Os valores variam de R$ 80 a R$ 954 conforme o tempo de trabalho em 2016. Os titulares de conta individual na Caixa com saldo acima de R$ 1 e movimentação receberam o crédito automático na última terça-feira (20).

Os pagamentos começaram em julho, com os trabalhadores nascidos naquele mês. Os recursos de todos os beneficiários ficam disponíveis até 29 de junho de 2018. Os últimos a sacar serão os nascidos em maio e junho, a partir de 15 de março.

São liberados R$ 15,7 bilhões para 22,1 milhões de beneficiários em todo o calendário. Para os nascidos em março e abril, estão disponíveis R$ 2,664 bilhões para mais de 3,745 milhões de trabalhadores. O valor do benefício pode ser consultado no Aplicativo Caixa Trabalhador, no site do banco ou pelo Atendimento CAIXA ao Cidadão: 0800 726 0207.

Saques

A Caixa lembra que tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2016, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), ano-base 2016.

Quem tem o Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir a uma casa lotérica, a um ponto de atendimento Caixa Aqui ou aos terminais de autoatendimento da instituição. Caso não tenha o Cartão do Cidadão e não tenha recebido automaticamente em conta da Caixa, o valor pode ser retirado em qualquer agência do banco público, apresentando o documento de identificação. O trabalhador vinculado a empresa pública com inscrição no Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) recebe o pagamento pelo Banco do Brasil.

 

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

ESB 179 Digital
Continua após publicidade

Fique por dentro

Com pandemia, Brasil tem queda recorde da atividade no 2º trimestre

Os dados do BC já levam em conta os ajustes sazonais, o que permite a comparação de um trimestre com os três meses imediatamente anteriores

Idaf realiza ação educativa na Ceasa/ES

Com o objetivo de conscientizar produtores rurais e compradores sobre a importância do Serviço de Inspeção Oficial nos produtos de origem animal, o Instituto...

Bater ponto de trabalho a distância vira questão com pandemia

A Reforma Trabalhista de 2017 regulamenta o teletrabalho como uma prestação de serviços fora das dependências do empregador

Setor de serviços cresce 5% de maio para junho, diz IBGE

O volume de serviços no país cresceu 5% em junho na comparação com o mês anterior. A alta veio depois de quatro quedas consecutivas...

Vida Capixaba

Novas passarelas de pedestres em Viana

A Eco101 iniciou as obras para a implantação de mais três passarelas de pedestres na BR-101/ES/BA, totalizando 19 estruturas ao longo da rodovia. Atualmente, existem...

Durante a pandemia, a pele também precisa de cuidados

Entre o medo do contágio e a vontade de que tudo volte à normalidade, a pandemia despertou nas pessoas uma maior preocupação e cuidados...

O Pequeno Príncipe traz poesia às telas em espetáculo ao vivo

Conhecido do público infantil e adulto, o conto ‘O Pequeno Príncipe’, do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, sai dos livros e chega aos palcos,...

Bike se populariza em tempos de coronavírus

Para fugir das lotações, dos atrasos e riscos de contaminação do transporte público, muitas pessoas se tornaram adeptas das bicicletas neste período Que táxi, que...
Continua após publicidade