23.9 C
Vitória
segunda-feira, 24 junho, 2024

“Pessoas vulneráveis são as mais afetadas pelos efeitos climáticos”, analisa Klein

Durante a entrevista, a líder de curadoria do evento Sustentabilidade Brasil revelou as novidades do evento que acontece no Espírito Santo

Por Kebim Tamanini

O debate em torno do meio ambiente e dos efeitos climáticos assume uma posição de destaque diante das recentes situações ocorridas no Rio Grande do Sul e no Sul do Espírito Santo, assim como em diversas outras regiões do vasto território brasileiro. Em sintonia com essas questões prementes, o evento “Sustentabilidade Brasil” está programado para ocorrer no final de junho, em solo capixaba, reunindo especialistas, autoridades de diversos estados e estudantes para uma imersão em muitos aspectos relacionados.

- Continua após a publicidade -

Em uma entrevista exclusiva concedida ao ES BRASIL, a líder da curadoria do evento, Dani Klein, ressalta a importância das legislações existentes que asseguram a proteção do meio ambiente e observa que o Brasil está vivendo um novo momento de conscientização ambiental por parte da população, reconhecendo a importância de preservar o meio ambiente.

Durante a conversa, a curadora enfatizou que o desordenamento na ocupação das cidades é um dos grandes problemas relacionados aos efeitos climáticos e que atinge de maneira mais contundente as camadas mais vulneráveis da população.

“Quando uma população já vulnerável é colocada em situações ainda mais precárias, é necessário abordar essa questão. A falta de um planejamento urbano adequado e as ocupações irregulares, muitas vezes motivadas por questões políticas, resultam na ausência de estrutura para realocar essas pessoas e na falta de políticas habitacionais adequadas. Quanto mais desordenado o crescimento urbano, maior é o risco para as pessoas mais pobres. Quem constitui a maioria das comunidades carentes? Qual é a cor da pele da maioria dos moradores de favelas? Essas pessoas que residem em áreas de risco, como encostas de morros ou margens de rios, estão mais sujeitas a deslizamentos e inundações. Portanto, as pessoas mais vulneráveis são ainda mais afetadas pelas mudanças climáticas”, analisa Klein.

Confira a entrevista na íntegra.

O evento…

“Sustentabilidade Brasil” acontecerá de 24 a 28 de junho, no Espírito Santo, e antecipa a 30ª Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP-30), agendada para o próximo ano em Belém (PA). A conferência abrangerá diversas trilhas temáticas, como “Do Rio a Belém – Conexão ES”, “Negócios e Agenda ESG”, “Pequenas Empresas”, “Transição Energética e Cidades Sustentáveis” e “Agro e Rocha”, contando com a participação de renomados especialistas em suas respectivas áreas.

Klein destaca a importância desses eventos, pois conseguem envolver diversos segmentos da sociedade, incluindo a sociedade civil, a academia e outros setores que por vezes não estão tão presentes. “Ao reunir pessoas de diferentes idades, origens, condições e áreas de atuação, conseguimos romper com essas bolhas sociais. Esse momento proporciona a troca de ideias que, de outra forma, não seriam exploradas, já que quando estamos imersos em uma bolha, tendemos a não escutar as perspectivas alheias”, enfatiza.

Esses eventos promovem o networking, ampliam a percepção e as opiniões, desde a visão dos jovens até os desafios e soluções apresentados pelas startups e pelas grandes indústrias. Portanto, esses eventos se tornam verdadeiros pontos de encontro para o compartilhamento de conhecimento e experiências. O diferencial está justamente em não se limitar a palestras isoladas, mas sim em reunir diferentes perspectivas para enriquecer o debate.

Dentre os temas em destaque nos debates estarão as mudanças climáticas, economia verde, transição energética, mercado de carbono, agronegócio sustentável e ecoansiedade, refletindo a amplitude das preocupações atuais com o meio ambiente.

A escolha do Espírito Santo para sediar este evento não é por acaso, considerando o crescente protagonismo do estado na sustentabilidade e gestão ambiental no Brasil. Klein afirma que iniciativas como os projetos de segurança hídrica financiados pelo Banco Mundial e o Programa Reflorestar, um dos maiores da América Latina, demonstram o compromisso do Estado com essas questões.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA