22.9 C
Vitória
quinta-feira, 21 outubro, 2021

Pesquisa na Sefaz revela que teletrabalho reduz gastos e não interfere produtividade

Pesquisa foi realizada por servidores estaduais e publicada pela Escola Nacional de Administração Pública revela que teletrabalho reduz gastos públicos

Por Samantha Dias 

Estudo realizado com 93,2% dos servidores da Secretaria Estadual de Fazenda do Espírito Santo (Sefaz/ES) que aderiram ao teletrabalho comprovou redução de gastos entre 75% e 78% com diárias, passagens e locomoção, nos meses de março a julho de 2020. Foram coletados dados na Secretaria de Fazenda porque foi o órgão com maior percentual de adesão ao teletrabalho do estado.

No mesmo período, caiu em 43% o valor dos recursos que eram destinados à vigilância ostensiva e em 20% o gasto com energia elétrica, de acordo com pesquisa realizada por servidores da Sefaz e publicada pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap).

A fundação publicou o estudo dos servidores na Revista do Serviço Público por considerar que a pesquisa destaca que a adesão ao teletrabalho mostrou-se capaz de manter a mesma produção e reduzir gastos públicos, de acordo com o formato adotado e com a área em que for implantado. Os resultados evidenciam que houve redução de despesas com água, energia elétrica e deslocamentos quando comparadas às registradas em outros períodos pela Secretaria de Fazenda do Espírito Santo.

Números do teletrabalho no Espírito Santo

De acordo com a publicação, cerca de 5 mil servidores estaduais – o que representa em torno de 10% do total – realizaram trabalho remoto entre março e julho de 2020. No caso específico da Secretaria de Estado da Fazenda, os dados coletados indicaram que a adesão ao teletrabalho foi bem mais expressiva, ultrapassando 93% do total da força de trabalho do órgão, o que fez com que a instituição fosse escolhida para a pesquisa.

Ampliando o olhar para o setor público e privado do estado, levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) mostra que o teletrabalho tem condições de alcançar aproximadamente 413 mil profissionais. Contudo, de acordo com dados do IBGE, o estado registrou somente 138 mil pessoas efetivamente em trabalho remoto no mês de junho de 2020.

Monitoramento da produtividade

O estudo considera que as variáveis construídas para analisar a produtividade na Sefaz mostraram queda entre março e abril e tendência predominante de crescimento a partir de maio.

Com relação à captura de documentos via sistema de tramitação eletrônico, o número de processos on-line autuados pela Secretaria teve queda no início do teletrabalho e depois voltou a crescer, chegando a 1,8 mil processos em julho – performance semelhante à dos meses de janeiro e fevereiro de 2020.

Com informações da Enap

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade