24.9 C
Vitória
quarta-feira, 1 dezembro, 2021

Passagem do Transcol não será aceita em dinheiro a partir do domingo (17)

O governador Renato Casagrande informou nesta quarta-feira (13) que a medida é importante para garantir a saúde dos cobradores e dos usuários do sistema Transcol

As passagens dos ônibus do Sistema Transcol não poderão ser mais pagas em dinheiro a partir do próximo domingo (17). O anúncio foi feito pelo governador Renato Casagrande durante pronunciamento nas mídias sociais nesta quarta-feira (13).

Segundo Casagrande, o dinheiro é um foco para o vírus, por isso foi tomada a decisão. Ele informou também que os cobradores que atuam no transporte coletivo ficarão afastados de suas funções por 60 dias.

“Ninguém será demitido. Apenas ficarão afastados por esse período até mesmo para ter menos uma pessoa nos ônibus e oferecer mais segurança a esses profissionais”, disse.

O governador informou, ainda, que as empresas manterão os vínculos com esses colaboradores e que eles continuarão a receber o salário normalmente.”Enquanto eles não trabalham em suas funções, eles estarão nos terminais vendendo o Carão GV, que pode ser adquirido nos terminais rodoviários, em farmácias e outras redes credenciadas”, acrescentou Casagrande.

bilhete-único
O pagamento será feito por meio do Cartão GV, que pode ser adquirido nos terminai e farmácias. – Foto: Reprodução

Distanciamento social

Durante o pronunciamento, o governador reforçou a necessidade de manter o distanciamento social. “Precisamos da colaboração de todos para controlar a pandemia. Precisamos estabelecer uma metodologia, uma conduta para lidar com o vírus. Se estivermos com os leitos comprometidos, daremos passos atrás para que possamos cuidar de todos”, disse.

Além disso, o governador ressaltou que 67% dos leitos estão ocupados para tratamento da Covid-19. “Mas o que salva vidas não são os leitos, e sim o distanciamento social. Evitar o contato. Os leitos são fundamentais, vamos continuar abrindo, pois essas pessoas internadas precisam de um atendimento digno, mas as pessoas precisam estar isoladas, distantes, evitar aglomerações, cumprirem as medidas das organizações de saúde, usando máscaras, álcool, entre outras atitudes importantes para garantirmos o fim da pandemia”, finalizou Casagrande.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade