26.9 C
Vitória
sábado, 25 setembro, 2021

Parque Nacional do Caparaó: paz e harmonia com a natureza

Leia Também

Local oferece inúmeras atividades aos visitantes e é uma ótima opção para quem deseja entrar em contato com a natureza

O Parque Nacional do Caparaó completou 60 anos esse ano. Em junho de 2014 a ESBrasil publicou uma matéria sobre o Parque, na coluna Aonde ir. Agora, trazemos de volta para que você, leitor, conheça mais sobre um dos locais mais bonitos do Espirito Santo.

Se você gosta de estar em contato com a natureza para apreciá-la das melhores formas possíveis ou até mesmo para relaxar e esquecer os problemas da “cidade grande”, com certeza não poderá deixar de conhecer o Parque Nacional do Caparaó.

Situado na divisa do Espírito Santo com Minas Gerais, o local ocupa parte do território de cinco municípios capixabas e quatro do lado mineiro, sendo que cerca de 80% do parque se encontram aqui, bem perto de todos nós.

Este recanto na natureza possui 31,8 mil hectares de área, abrigando em seu território os maiores picos do Brasil, destacando-se o Pico do Cruzeiro, com 2.852 metros; o Pico do Calçado com 2.849 metros; o Pico do Calçado Mirim com 2.818 metros e Pico da Bandeira com 2.892 metros. Este último, muito procurado pelos aventureiros que desejam apreciar uma das mais fantásticas paisagens brasileiras.

De seu cume é possível ver toda a serra e ainda várias cidades vizinhas como Manumirim, Alto Caparaó, Manhuaçu, São José do Caparaó e Dores do Rio Preto. Mas não se iluda, pois para contemplar todo este visual é necessário ir preparado para encarar um dos pontos mais frios da região Sudeste, com temperaturas que chegam até -10°C, sendo que no inverno as geadas são diárias. Agasalho é mais que fundamental.

Administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade o Parque Nacional do Caparaó é uma das mais representativas áreas de Mata Atlântica em território capixaba, que além de cobrir boa parte da Serra do Caparaó, também é encontrada nas encostas das Serras do Castelo, do Forno Grande e da Pedra Azul.

Além das trilhas, os visitantes podem se deliciar com banhos em cachoeira e piscinas naturais, além de observar os belos espetáculos no alvorecer e no pôr do sol. O parque possui quatro áreas de acampamento pela portaria de Alto Caparaó, em Minas Gerais – conhecidas como “Tronqueira” e “Terreirão” – e pela portaria de Pedra Menina, no Espírito Santo – chamadas de “Macieira” e “Casa Queimada”.

Os espaços contam com sanitários, lava-pratos, mesas, bancos, quiosques (estes últimos apenas na “Tronqueira”) e, ainda, churrasqueiras que se encontram em uma área de visitação denominada “Vale Verde” e no acampamento “Macieira”. Caminhadas em áreas de florestas e, especialmente, pelos campos de altitude são outras atrações do local, propício também para observação de aves. Uma experiência inesquecível.

Confira mais fotos do Parque Nacional do Caparaó

Esta matéria é uma republicação exibida na Revista ESBrasil – Junho/2014  atualizada em 2021 (Priscilla Cerqueira). Fatos, comentários e opiniões contidos no texto se referem à época em que a matéria foi originalmente escrita.

Continua após publicidade

Mais Aonde ir

Blogs e colunas