23.9 C
Vitória
sexta-feira, 5 março, 2021

Pandemia e fim dos auxílios podem reverter retomada econômica

A avaliação é do Comitê de Política Monetária do BC

Com informações da Agência Brasil

Os riscos associados à evolução da pandemia de covid-19, como os recentes aumentos no número de casos, e a esperada queda dos efeitos dos auxílios emergenciais podem levar “a mais gradualismo ou até uma reversão temporária da retomada econômica”. A avaliação é do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) e consta da ata da última reunião, divulgada hoje (26).

“Em relação à atividade econômica brasileira, indicadores referentes ao final do ano passado têm surpreendido positivamente, mas não contemplam os possíveis efeitos do recente aumento no número de casos de covid-19. Prospectivamente, a incerteza sobre o ritmo de crescimento da economia permanece acima da usual, sobretudo para o primeiro trimestre deste ano, concomitantemente ao esperado arrefecimento dos efeitos dos auxílios emergenciais”, diz o Copom, reforçando ainda que a pouca previsibilidade em relação à evolução da pandemia e ao necessário ajuste dos gastos públicos a partir de 2021 aumenta a incerteza sobre a continuidade da retomada da atividade econômica.

De acordo com o comitê, no cenário internacional, o aumento do número de casos e o aparecimento de novas cepas do vírus têm revertido os ganhos na mobilidade e deverão afetar a atividade econômica no curto prazo. “No entanto, novos estímulos fiscais em alguns países desenvolvidos, unidos à implementação dos programas de imunização contra a Covid-19, devem promover uma recuperação sólida da atividade no médio prazo. A presença de ociosidade, assim como a comunicação dos principais bancos centrais, sugere que os estímulos monetários terão longa duração, permitindo um ambiente favorável para economias emergentes”, avaliou o comitê.

Assim, diante desses cenários, o Copom julgou apropriado manter, neste momento, “o grau extraordinariamente elevado de estímulo monetário” e decidiu, na última semana, pela manutenção da taxa básica de juros da economia (Selic) em 2% ao ano, o menor nível desde o início da série histórica do BC, em 1986.

A manutenção da Selic em baixa estimula a economia porque juros menores barateiam o crédito e incentivam a produção e o consumo em um cenário de baixa atividade econômica.

Os membros do Copom avaliaram também que “perseverar no processo de reformas e ajustes necessários na economia brasileira é essencial para permitir a recuperação sustentável da economia”. “O comitê ressalta, ainda, que questionamentos sobre a continuidade das reformas e alterações de caráter permanente no processo de ajuste das contas públicas podem elevar a taxa de juros estrutural da economia”, diz a ata.

Inflação

A Selic é o principal instrumento usado pelo Banco Central para alcançar a meta de inflação, definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) em 3,75% para 2021 e 3,5% para 2022, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Considerando um cenário de câmbio de R$ 5,35 e elevação da Selic até 3,25% em 2021 e 4,75% em 2022, as projeções de inflação do Copom situam-se em torno de 3,6% para 2021 e 3,4% para 2022, ou seja, dentro das metas do CMN. Nesse cenário, as projeções para a inflação de preços administrados são de 5,1% para 2021 e 3% para 2022.

No mês passado, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que é a inflação oficial medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ficou em 1,35%, enquanto em novembro tinha sido de 0,89%. No ano de 2020, a inflação fechou em 4,52%. A expectativa do mercado financeiro é de inflação em torno de 3,4% e 3,5% em 2021 e 2022, respectivamente.

Na ata, o Copom ressalta que a recente elevação no preço de commodities internacionais e seus reflexos sobre os preços de alimentos e combustíveis implicam elevação das projeções de inflação para os próximos meses. “Apesar da pressão inflacionária mais forte no curto prazo, o comitê mantém o diagnóstico de que os choques atuais são temporários, ainda que tenham se revelado mais persistentes do que o esperado. Assim, o Copom segue monitorando sua evolução com atenção, em particular as medidas de inflação subjacente”, diz o comitê.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Atividade do Norte e Centro-Oeste avança em 2020, diz BC; demais regiões recuam

Ainda que o processo econômico descrito tenha caracterizado todas as regiões, os resultados de 2020 dos IBCR divergiram - Norte e Centro-Oeste registraram desempenho...

SP comprará 20 milhões de vacinas da Pfizer e 20 milhões da Sputnik, diz Doria

A gestão paulista pretende usar os dois imunizantes, junto da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan, no programa de imunização contra a covid-19 Por Renata Cafardo...

TCU cobra plano do governo para perícias represadas do INSS

Segundo o próprio governo, apenas uma perícia médica foi realizada até hoje com o uso da ferramenta Por Idiana Tomazelli (AE) Quase seis meses após vir...

BCE: apoio da política monetária será necessário bem depois do fim da pandemia

Em discurso que fez durante evento da Universidade Bocconi, em Milão, Panetta afirmou que o BCE precisará continuar agindo até que a inflação da...

EcoRodovias: tráfego consolidado em rodovias cai 4,3% desde o início da pandemia

A Eco101 apresentou crescimento de 4% no tráfego, enquanto a Ecovias Caminho do Mar subiu 2,2% Por Beth Moreira (AE)  A EcoRodovias divulgou a atualização de...

‘Não queremos provocar ninguém’, diz Bolsonaro, sobre repasses a Estados

Bolsonaro citou que os dados divulgados pelo governo sobre os repasses são da Secretaria Especial de Comunicação Social Por Emilly Behnke (AE) Depois de ser criticado...

ES Brasil Digital

ESBrasil-185
Continua após publicidade

Fique por dentro

Ufes registra quarta cultivar de café conilon junto ao Mapa

O trabalho de pesquisa foi realizado em parceria com a UFRJ e resultou numa cultivar propícia para produção de café solúvel.

Indústria brasileira registra alta de 8,7 no faturamento em janeiro de 2021

A capacidade instalada no início deste ano ficou em 79%, o que representa 2,2 pontos percentuais acima do que foi registrado em janeiro de 2020.

Atividade do Norte e Centro-Oeste avança em 2020, diz BC; demais regiões recuam

Ainda que o processo econômico descrito tenha caracterizado todas as regiões, os resultados de 2020 dos IBCR divergiram - Norte e Centro-Oeste registraram desempenho...

PIB brasileiro em 2020 fecha com queda de 4,1%

Pesquisa do IBGE revela a terceira maior queda na soma de todas as riquezas produzidas no País, com influência da pandemia de Covid-19.

Vida Capixaba

Março Amarelo: atividade física é uma aliada no tratamento da endometriose

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde a endometriose afeta 176 milhões de mulheres no mundo.

Confira 4 dicas de como cuidar da pele da área dos olho

A área dos olhos é a região onde o envelhecimento da pele fica mais visível

Museu Capixaba do Negro abre inscrições para oficinas

Nesta quarta-feira (3), foram abertas inscrições para 90 vagas em variadas oficinas.

Professores poderão se inscrever em oficina de produção de vídeos

O projeto intitulado “Caminho das águas” será realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, por meio da Subgerência de Educação Ambiental e Gerência de Formação Continuada, a empresa de saneamento básico AEGEA e a produtora Zureta Filmes
Continua após publicidade