26 C
Vitória
quarta-feira, 1 abril, 2020

Onde tem indústria forte, tem desenvolvimento

Leia Também

Livros disponibilizados gratuitamente. Confira como acessar!

A Amazon, em parceria com autores, liberou o acesso às obras mais clássicas da literatura. Basta fazer o download e lê-los onde quiser!

Novo coronavírus: 96 casos confirmados no Espírito Santo

O Espírito Santo já registra 97 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2), sendo que um deles é de um paciente do Rio de Janeiro.

Governo encaminha PL que cria fundo de aval para empresas

Outros quatro projetos foram encaminhados para a Assembleia Legislativa e devem ser apreciados pelos parlamentares ainda nesta semana.

País tem 201 óbitos por covid-19 e 5.717 casos confirmados

O resultado de novos 1.138 infectados em um dia foi mais que o dobro do maior registrado até agora. Número de mortos aumentou 26% em relação a ontem.

Em meio à discussão de pautas relevantes para nossa economia, como a Reforma da Previdência, o Brasil celebra mais um Dia da Indústria.

Diante da relevância da data, há uma relação intrínseca entre vigor industrial e desenvolvimento socioeconômico que precisa ser reforçada.

Nesse sentido, é preciso rever prioridades e concentrar esforços em quem mais irradia oportunidades: a indústria.

O Espírito Santo é um Estado fortemente industrializado, visto que abriga cerca de 18 mil indústrias, que geram aproximadamente 180 mil empregos, pagando os melhores salários em todos os níveis de formação.

Estudo da CNI aponta que, a cada real produzido pela indústria, R$ 2,40 são gerados para a economia brasileira. O índice fica acima do resultado alcançado pela agricultura (R$ 1,66) e pelo setor de serviços (R$ 1,49).

É a indústria que mais designa recursos para pesquisa e desenvolvimento no setor privado (66%). Nesse sentido, a Findes liderou iniciativas como o Instituto Senai de Tecnologia, o programa Inovação na Indústria Capixaba (Inovic), a participação na Mobilização Capixaba pela Inovação e, em breve, a inauguração do FindesLAB.

Observamos nos últimos 40 anos uma aceleração no crescimento da indústria do Espírito Santo, que por se tratar de um segmento que enraíza o desenvolvimento da sociedade capixaba, iniciou o projeto Indústria 2035, identificando 17 setores portadores de futuro: os tradicionais que podem ir além, como rochas, agroalimentar e petróleo, e os emergentes, como economia digital e biotecnologia.

Considerando vocações regionais, estamos traçando os caminhos possíveis de desenvolvimento, com a identificação de entraves existentes, ações resolutivas e tecnologias-chaves para ampliar a competitividade dos setores, segmentos e áreas.
E não existe indústria competitiva sem educação de qualidade. Por isso, Sesi e Senai, que são uma entrega da indústria para a sociedade, concentram seus esforços na evolução da qualidade da formação. Somente no Espírito Santo, as entidades realizaram mais de 438 mil atendimentos para os capixabas ao longo de 2018, somando ações de educação, formação profissional, consultorias em tecnologia e inovação, promoção da cultura, saúde e segurança do trabalhador.

Trabalhamos por um novo ciclo de desenvolvimento no Estado, buscando induzir a inovação e a absorção de maior tecnologia em nosso tecido industrial, gerando agregação de valor.

Os números e os exemplos são incontestáveis: onde tem indústria forte, tem desenvolvimento.



Léo de Castro, é presidente da Findes

Publicidade

ES Brasil Digital

ES Brasil 174
Continua após publicidade

Fique por dentro

Ibovespa caminha para pior mês desde 1998

Na tarde de hoje (31), Ibovespa acumulava em março perda de cerca de 28%, que se mantida representará o pior desempenho mensal desde 1998.

Dicas gratuitas para superar a crise econômica da Covid-19

Evento trará estratégias e ações com os participantes para sobreviver à crise econômica e ter sucesso no pós-crise causada pela doença.

Negociação é o caminho para aluguel de pontos comerciais

A negociação com responsabilidade pressupõe real demonstração das consequências da crise e percepção recíproca para encontrar um ponto de equilíbrio das partes.

Indústria têxtil e de confecção já sofrem os impactos da pandemia

No Espírito Santo, a situação já é considerada crítica, de acordo com o presidente da Câmara da Indústria de Vestuário, José Carlos Bergamin.

Vida Capixaba

Sesi Cultura Online: Nano Vianna e André Prando

Para estrear as lives do Sesi Cultura online, dois ícones da música capixaba estarão se apresentando hoje. André Prando e Nano Vianna

Podcasts para empreendedores ouvirem durante o isolamento social

Uma das opções para o período de isolamento social é ouvir podcasts, formato que ganhou o gosto do brasileiro:em 2019. Veja as dicas!

Participe da 3ª Corrida Amaes Azul!

A corrida em solidariedade a causa do autismo tomará a 3ª Ponte, num trajeto de 10.800 km entre Vitória e Vila Velha. Será no dia 19 de julho

Desafios da carreira artística serão debatidos na internet

O ator e diretor Abel Santana vai realizar no decorrer desta semana  uma série de lives (ao vivo) nas mídias sociais, com diversos convidados de renome.
Continua após publicidade