26 C
Vitória
quinta-feira, 11 agosto, 2022

Oncologista dá dicas de tratamento e como é possível vencer o câncer

O câncer não apresenta uma única e exclusiva causa e pode ser desencadeado por fatores externos e internos de cada organismo. Foto: Arquivo pessoal.

O câncer não apresenta uma única e exclusiva causa e pode ser desencadeado por fatores externos e internos de cada organismo

Por Paula Bourguignon

Muitas pessoas sofrem ou se apavoram quando se deparam com o câncer. São muitas as variações e complicações, mas também são grandes as possibilidades de cura, quando a doença é descoberta e tratada precocemente

São mais de 100 diferentes tipos de doenças malignas, que têm em comum o crescimento desordenado de células que podem invadir tecidos adjacentes ou órgãos a distância.

Nesta quinta-feira, 4 de agosto, quando é celebrado o Dia da Campanha Educativa de Combate ao Câncer, a Revista ES Brasil procurou o médico oncologista Cristiano Drumond para explicar e orientar os leitores sobre os mitos e verdades da doença.

O câncer é contagioso?

O câncer não é contagioso.

O câncer tem cura?

O câncer tem cura, sendo esta chance maior quando diagnosticado em sua fase inicial. Quanto mais precocemente diagnosticado, maior a chance de cura.

Quais os tipos de câncer mais comuns?

Segundo estimativa do Instituto Nacional de Câncer (Inca) disparadamente os mais incidentes são os de pele (carcinoma escamocelualr e basocelular) e depois destes, entre os homens são câncer de próstata/ colo/ reto, pulmão e estômago. Já nas mulheres, os mais comuns são câncer de mama/ colo / reto, colo de útero e pulmão. É importante mencionar que a idade de acometimento pelo câncer varia de acordo com cada tipo, sendo mais comum a ocorrência destes em idades mais avançadas.

O câncer em mais jovens pode ser algo genético?

O tumor, quando encontrado em pacientes mais jovens, traz uma maior possibilidade de estar relacionado com uma herança genética, ou seja, do pai ou da mãe.

Qual o principal objetivo do Dia da Campanha Educativa de Combate ao Câncer?

O objetivo do Dia da Campanha Educativa de Combate ao Câncer é alertar a população para os cuidados com a saúde, medidas de prevenção e a busca do tratamento adequado para a doença.

Quais são os fatores que contribuem para o câncer?

Cerca de 10% a 20% dos tumores tem relação com a herança genética. Já 80% a 90% dos casos estão ligados a fatores ambientais: ambiente de trabalho, ambiente de consumo, ambiente social. Destaque deve ser dado aos fatores cancerígenos já bem conhecidos de todos nós e que estão distribuídos nestes ambientes acima citados. Dentre estes fatores de risco dou destaque a: ingestão de alimentos ultra processados, exposição a radiações, exposição solar, sedentarismo e obesidade, tabagismo, ingesta de bebidas alcoólicas, exposição a poluição do ar, contato com substâncias químicas e biológicas (como fertilizantes, derivados do petróleo, vírus da hepatite B e C, vírus do HPV e HIV), exposição a poeira (da madeira, couro e sílica) entre outros.

Quais as medidas para reduzir o risco de ter a doença?

Por meio de medidas preventivas, podemos reduzir o risco de desenvolver a doença. E a prevenção é dividida em dois tipos:

– A prevenção primária com ações que impeçam que o câncer se desenvolva no organismo, sendo recomendado evitar exposição aos fatores de risco e adoção de um modo de vida mais saudável.

– A prevenção secundária que por meio da detecção e da doença pré-maligna e do tratamento do câncer assintomático inicial, pode beneficiar o paciente.

Quais são os tratamentos para o câncer?

O tratamento pode ser dividido em duas modalidades:

Tratamento local, com cirurgias, radioterapia, radioablação entre outros.

Sistêmico com quimioterapia, hormonioterapia, terapia alvo, anticorpos monoclonais e imunoterapia. Cabe ressaltar que muitas vezes usamos mais de uma modalidade de tratamento para alcançarmos a cura, sendo geralmente a cirurgia o procedimento curativo com a retirada do tumor e a terapia sistêmica com o papel de uma ação mais ampla no organismo, auxiliando no controle da doença.

12 dicas para não ter câncer:

  • Não fume;
  • Alimentação saudável protege contra o câncer;
  • Mantenha o peso corporal adequado;
  • Pratique atividade física;
  • Amamente;
  • Mulheres de 25 a 40 anos devem fazer o exame preventivo do câncer do útero a cada três anos;
  • Vacina contra HPV as meninas de 9 a 14 anos. Já os meninos de 14 a 11 anos;
  • Vacine contra Hepatite B;
  • Evite ingestão de bebidas alcoólicas;
  • Evite comer carne processadas,
  • Evite exposição ao sol das 10 às 16 horas;
  • Uso sempre de chapéu e protetor solar. Inclusive nos lábios;
  • Exposição a agentes cancerígenos no trabalho.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade