23.9 C
Vitória
domingo, 24 maio, 2020

Novo Nissan Kicks híbrido surge na Tailândia

Leia Também

“Os Saltimbancos” no Diversão em Cena ArcelorMittal Online

A história gira em torno de um grupo de animais descontentes com a vida no campo se aventura pela cidade, em busca de uma carreia musical.

Como a crise pode transformar as pessoas?

Cada indivíduo tem tentado buscar inovações e novas posturas em meio a situação  de incerteza onde o aprendizado, visões e valores tem sido reconfigurados para vencer os desafios ora estabelecidos.

Robô virtual de Vila Velha oferta cursos gratuitos pelo Whatsapp

O primeiro curso divulgado é o “Empreenda Vila Velha Digital”, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Semdec).

Vila Velha 485 anos: um município cheio de riquezas e cenários paradisíacos

Nesta quinta-feira (23), é celebrado o Dia da Colonização do Solo Espírito-Santense, e também os 485 anos de Vila Velha. Confira um pouco sobre a cidade!

O novo Kicks foi apresentado primeiro na Tailândia, onde havia sido flagrado sendo transportado por uma carreta

(AE) – A Nissan divulgou as primeiras imagens e as novidades técnicas da linha 2021 do Kicks. O SUV compacto da marca japonesa, que foi desenvolvido e lançado primeiro no Brasil, ganhou sua primeira reestilização. Além de nova dianteira, o grande destaque será a tecnologia e-Power, que transforma o modelo em híbrido.

O novo Kicks foi apresentado primeiro na Tailândia, onde havia sido flagrado sendo transportado por uma carreta. As principais mudanças foram feitas na parte dianteira.

A grade maior lembra a do novo Sentra e o para-choque mais “parrudo” deu um aspecto mais imponente ao SUV compacto. Os faróis ganharam formato afilado e estão mais largos, invadindo as laterais dos para-lamas. Os de neblina também têm novo desenho, assim como a parte inferior da grade.

Atrás, o desenho das lanternas foi mantido. Isso não chega a ser um demérito, uma vez que o estilo dessas peças ainda é bastante moderno.

O para-choque, por sua vez, foi redesenhado e está mais largo que o do modelo anterior. As rodas de liga leve são de 17 polegadas e tem visual parecido com o das utilizadas no hatch elétrico Leaf. No novo Kicks, todas as luzes são de LEDs.

Na parte interna, o Kicks 2021 não traz grandes novidades. O painel, por exemplo, com boa parte dos instrumentos virtuais, foi mantido.

A central multimídia também é a mesma do modelo oferecido até agora. Só há algumas funções a mais por causa do sistema de propulsão híbrido. No console central a manopla de câmbio tem novo formato e há um botão que permite escolher um dos modos de condução.

De modo geral, o Kicks ficou mais seguro. O SUV compacto recebeu tecnologias como alertas de risco de colisão frontal, de ponto cego e de tráfego cruzado na traseira. Câmeras de 360º com detecção de objetos e retrovisor interno com tela integrada também são destaques.

HÍBRIDO

A principal novidade do Kicks 2021 é a tecnologia e-Power. O sistema da Nissan é uma forma barata e simples de eletrificação veicular e já foi utilizada no Note, modelo que não chegou a ser vendido no Brasil.

O carro é movido por um motor elétrico. E a eletricidade que alimenta esse motor, bem como a que será enviada à bateria é gerada por um pequeno propulsor a combustão interna.

Na versão tailandesa, a Nissan optou pelo três-cilindros de 1,2 litro e um pacote compacto de baterias de íons de lítio. O motor elétrico gera potência equivalente a 129 cv e torque de cerca de 26,5 mkgf.

Segundo informações da marca japonesa, o Kicks e-Power pode rodar 23,4 km com apenas um litro de gasolina. No Brasil o modelo deverá incorporar tecnologia flexível, o que o tornará ainda mais “verde” ao rodar com 100% de etanol no tanque.

O novo SUV tem três opções de modo de condução: EV, S e ECO. O primeiro é 100% elétrico e utiliza apenas a energia acumulada nas baterias.

O “S”, de Sport, é voltado à utilização que requer respostas ágeis. O motor a combustão é acionado conforme a demanda. Já o “Eco” ajusta o conjunto para uma entrega mais eficiente e pode atuar ora no modo elétrico, ora no híbrido.

Além das garantias “normais” de fábrica, a Nissan oferecerá cobertura de dez anos para as baterias e de cinco anos para o sistema elétrico do e-Power.

Em 2019, durante o lançamento do Leaf no mercado brasileiro, o CEO da Nissan Brasil, Marco Silva confirmou que o Kicks seria o primeiro modelo eletrificado produzido pela marca no País. O Kicks 2021 híbrido será feito na planta de Resende (RJ) a partir do ano que vem.

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

esbrasil_176
Continua após publicidade

Fique por dentro

Na pandemia, consumidores priorizam pagamento de despesas básicas, diz pesquisa

A crise provocada pela pandemia do novo coronavírus tem feito consumidores brasileiros priorizarem o pagamento das despesas domésticas mais básicas.

Receita abre consulta a 1º lote da restituição do Imposto de Renda

A Receita Federal liberou na manhã desta sexta-feira, 22, a consulta ao primeiro lote da restituição do Imposto de Renda 2020.

É hora da volta do turismo?

Recepcionistas e camareiras de máscara e protetor facial. Termômetro de infravermelho no check-in. Café da manhã à la carte ou então servido no quarto. Grupos pequenos na visita a atrações.

Juros devem permanecer baixos por um tempo, segundo FMI

Tobias Adrian, sugeriu que os bancos retenham as receitas em seus balanços, evitando pagamento de dividendos, a fim de preservar as condições de capitais

Vida Capixaba

“Os Saltimbancos” no Diversão em Cena ArcelorMittal Online

A história gira em torno de um grupo de animais descontentes com a vida no campo se aventura pela cidade, em busca de uma carreia musical.

Medidas de distanciamento social podem durar até 2022, segundo pesquisa

De acordo com a pesquisa, caso não haja alguma vacina ou um tratamento aprimorado até 2022, medidas de distanciamento social prolongadas ou intercaladas deverão ser tomadas.

Nova avenida Vitória: 75% das obras estão concluídas

As obras começaram há sete meses e contempla a reabilitação e reurbanização da malha viária, além da implantação de ciclovia e trabalho de microdrenagem.

Prefeitura da Serra reduzirá salários de prefeito e secretários durante a pandemia

A intenção é que seja reduzido na folha de pagamento 30% dos salários do prefeito Audifax Barcelos e da vice-prefeita Marcia Lamas, e 10% dos salários dos secretários.
Continua após publicidade